Papo Político

ARTIGO: Briga pela vaga de vice de João Campos no RECIFE vai do PT ao PSB - Por Silvinho

Os números positivos da gestão de João Campos no Recife não apenas o colocam como prioridade do partido em Pernambuco no ano de 2024, mas o cacifam para uma disputa pelo Governo do Estado. Fora isso, existe uma concorrência quase que aberta pela vaga de vice na chapa do prefeito. Isso porque tendo em vista que o seu nome está cotadíssimo para disputar o executivo estadual em 2026, qual seria a legenda que não queria a partir de abril de 2025 comandar o Recife?

Tendo em vista justamente isso, o PT, o PDT e o MDB vão para a luta para ocupar essa vaga na chapa. Sem dúvida alguma o partido com mais chances de obter a vaga é o PT. Existe em curso uma aliança nacional entre as duas legendas que ocupam a Presidência e Vice-Presidência da República. Logo, seria mais que justificável uma repetição da aliança que é feita nacionalmente por aqui.

Leia também:

>>>ELEIÇÕES 2024 NO RECIFE: João Campos lidera TODOS OS CENÁRIOS DA DISPUTA, afirma Real Time Big Data

O PDT hoje ocupa a vaga de vice com Isabella de Roldão. No entanto, a legenda não tem o tamanho para requerer tal vaga. Aqui em Pernambuco, a sigla não tem sequer um deputado estadual eleito e nem tampouco um deputado federal. Diferente disso, em 2020, o PDT tinha dois deputados federais e um estadual. Sendo que um dos federais queria ter, naquela época, disputado a Prefeitura do Recife.

Além destas, o próprio PSB com certeza entrará na briga pela vaga de vice de João. O motivo: com o PSB na vice, João ficará bem mais à vontade para uma provável disputa pelo Governo tendo em vista que mesmo em uma provável renúncia, o comando da cidade continuaria nas mãos do PSB. Isso é algo bem diferente caso o vice seja do PT.

A presença do PT na vice de João é importante para a eleição de 2024 e no mínimo preocupante para a eleição de 2026.

Acompanhe mais conteúdos de política no BLOG do SILVINHO ou na coluna semanal do Portal de Prefeitura