Continua após a publicidade:

A vereadora do Recife pelo PT, Liana Cirne, voltou a denunciar problemas no transporte público da Região Metropolitana do Recife.

A parlamentar, que é autora de uma Ação Popular contra as empresas de ônibus, realizou uma “blitz” no Terminal Integrado da Macaxeira, Zona Norte do Recife.

Continua após a publicidade:

Liana conversou com alguns passageiros sobre as principais dificuldades no Transporte Público, que denunciaram ônibus sem ar-condicionado, superlotação e diminuição da frota.

A vereadora lembra que a Ação foi contra 10 empresas de ônibus do Grande Recife, no início deste ano. A ação se baseia no descumprimento da Lei 16.787 de 2019, que exige a substituição de todos os ônibus com mais de oito anos de uso, sendo 70% deles climatizados.

Continua após a publicidade:

Confira abaixo todos os pedidos da Ação Popular:

  • -Recomposição imediata da frota, com o objetivo de chegar ao total de 2.700 ônibus em circulação;
  • Renovação de todos os veículos com mais de oito anos de uso;
  • -Garantia de que, no mínimo, 70% dos novos veículos sejam climatizados;
  • -Implementação de veículos de maior capacidade e com refrigeração para atender às maiores demandas em horário de pico;
  • -Suspensão dos benefícios fiscais concedidos às empresas do Consórcio de Transporte Metropolitano durante o período de descumprimento da lei;
  • -Suspensão de qualquer aumento nas tarifas dos ônibus enquanto a lei não for cumprida;
  • -Apresentação de dados atualizados e precisos sobre a frota, sua renovação e climatização, disponibilizados em um site aberto à consulta pública;
  • -Subsidiariamente, caso a lei continue a ser descumprida, solicita-se que o Estado de Pernambuco extinga o contrato de concessão com as empresas inadimplentes;
  • -Abstenção do Governo do Estado de Pernambuco e do Consórcio de Transportes da Região Metropolitana do Recife de contestar o pedido e ocupar a posição de polo ativo da demanda, conforme previsto na Lei de Ação Popular.