Um homem de 38 anos foi preso em flagrante por importunação sexual, em Ipojuca, no Grande Recife. A Polícia Civil relatou que ele se masturbava na frente de uma adolescente de 16 anos enquanto ela seguia para a escola. Ele foi detido depois que a mãe e o irmão da vítima planejaram uma estratégia para testemunhar e filmar o crime. A Polícia Civil divulgou detalhes do caso na quarta-feira, 24 de abril.

Continua após a publicidade:

Segundo a delegada da Delegacia Seccional do Cabo de Santo Agostinho, o suspeito monitorou a rotina da adolescente, aguardando o momento em que ela passava em frente à sua residência para cometer o crime.

Segundo informações da delegada, a situação se repetiu durante dois dias consecutivos, e a adolescente contou o ocorrido para a mãe.

No terceiro dia, a jovem decidiu fazer o mesmo trajeto, desta vez acompanhada da mãe e do irmão, com o intuito de registrar o crime em vídeo, pretendendo obter provas para apresentar à Polícia.

Depois de obter as evidências necessárias, a família foi até à delegacia de Ipojuca. Agentes da polícia civil prenderam o indivíduo em flagrante por importunação sexual.

De acordo com a delegada Ana Luiza Mendonça, o suspeito, que não teve o nome divulgado, optou por permanecer em silêncio ao ser interrogado sobre o crime.

Continua após a publicidade: