O Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) voltou a debater as interrupções do fornecimento de energia elétrica no Estado nesta quinta, 18 de abril. João Paulo (PT) anunciou que está recolhendo assinaturas para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Neoenergia.

Continua após a publicidade:

Para que uma CPI seja instalada, é necessário que o requerimento tenha as assinaturas de 17 parlamentares.

A iniciativa, segundo ele, foi motivada pelas quedas frequentes na prestação do serviço, causando prejuízos à população e a setores econômicos como o Porto Digital e o comércio na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife.

Para o deputado, a audiência pública feita na última semana pela Comissão de Desenvolvimento Econômico não resolveu a questão.

O petista criticou a privatização da Celpe (Companhia Energética de Pernambuco, estatal vendida no ano 2000) e a demissão, pela concessionária, de funcionários experientes que faziam a manutenção do sistema elétrico.

Da redação do Portal com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).