Fala

VÍDEO: Bolsonaro critica decisão do STF que responsabiliza imprensa por indícios de falsidade em entrevistas

Foi definido pela corte que jornais, revistas e portais jornalísticos podem ser responsabilizados por declarações de seus entrevistados contra terceiros se houver “indícios concretos” de que a informação é falsa.

Vídeo, Bolsonarp, STD, imprensa
Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

O ex-presidente, Jair Bolsonaro, aparece em um vídeo criticando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), pune imprensa por indícios de falsidade em entrevistas.

A corte decidiu nesta quarta-feira, 29 de novembro, que jornais, revistas e portais jornalísticos podem ser responsabilizados por declarações de seus entrevistados contra terceiros se houver “indícios concretos” de que a informação é falsa.

“Estamos agora junto com a imprensa, eu sempre estive com a imprensa. A imprensa agora vai estar comigo. Ontem, uma decisão lá do (…) de outro poder, que não é o legislativo, decidiu que se qualquer pessoa der entrevista e o jornal publicá-la, se tiver fake news ali, a impresa vai ser processada.”, disse Jair Bolsonaro.

Bolsonaro também questinou quem seria a pessoa ou poder capacitados para identificar possíveis erros.

“E quem vai dizer se é fake news ou não é? Ninguém sabe, ou alguém indicado por alguém que está no poder, que sempre pregou o controle social da mídia, sempre pregou a censura, isso não dá certo. Uma das últimas palavras que eu falei quando estava lá ainda em Brasília, no Palácioda Alvorada foi ‘vocês vão sentir saudade de mim’. Não é que eu sou bom, não. É também porque o outro é muito ruim.”, completou o ex-presidente.