O PSOL lançou ontem, 10 de março, a pré-candidatura de Guilherme Boulos, líder do MTST – Movimento dos Trabalhadores Sem Teto. A postulante a vice de Boulos será Sônia Guajajara, ativista indígena.

Logo após ser respaldado pelo PSOL, Boulos fez acusações a Bolsonaro através de um vídeo, onde chama o Deputado de “Criminoso”. O líder do MSTS declara, no referido vídeo, que Bolsonaro é racista, incita a violência e fez, apologia ao estupro.

Imagem: (Boulos e Guajajara em evento em São Paulo)

Fonte da Imagem: https://veja.abril.com.br