Continua após a publicidade:

O Ministério do Esporte repudiou o episódio em que um policial militar acertou um tiro de bala de borracha na coxa do goleiro Ramón Souza, do Grêmio Anápolis, durante partida da divisão de acesso do Campeonato Goiano.

Em nota, a pasta classificou a ação do policial como “desproporcional e violenta”, destacou a “necessidade urgente de uma revisão nos procedimentos” e cobrou punição aos envolvidos.

Continua após a publicidade:

Grêmio Anápolis e Centro-Oeste se enfrentaram na noite de quarta-feira, no estádio Jonas Duarte, pela 12ª rodada da divisão de acesso do Campeonato Goiano. A partida terminou com vitória dos visitantes, por 2 a 1.

Após o apito final, jogadores dos dois times iniciaram uma confusão. Foi quando um policial disparou um tiro de bala de borracha em direção ao goleiro Ramón Souza, que precisou ser socorrido pela ambulância presente no estádio.

Continua após a publicidade:

Estadão Conteúdo