No Recife, houve dois casos de maus-tratos a animais que provocaram indignação as pessoas. O primeiro caso foi de um cachorro esfaquado e outro foi de uma cadela que teve a pata decepada. Os casos vieram à tona quando imagens foram postadas em redes sociais mostrando a situção dos dois animais.

Continua após a publicidade:

A denúncia partiu de uma voluntária do “Projeto Prefiro Bicho”, Ana Paula dos Santos, no instagram. O primeiro caso ocorreu no bairro de Santo Antônio, no centro do Recife, na segunda-feira (1°) e o da cadela aconteceu em Socorro, Jaboatão dos Guararapes, no final de junho.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Segundo relatos da voluntária, o cachorro com nome de José Inocêncio, foi resgtado depois que uma menina entrou em contato e foi ai que ela começou a divulgar na página do instagram, onde a Secretária Executiva dos direitos dos Animais viu a postagem e foram até o cão com uma médica veterinária para ajudar. Ela ainda relatou que a médica falou que após Raio-x o golpe não feriu nehum órgão vital.

Sobre a cadela que não tem nome, a voluntária disse que ela pode ser encontrada em frente ao 14° Batalhão de Infantaria Motorizado, no bairro Socorro, em Jaboatão dos Guararapes e também falou que a upinha que tem no município só tem nome e que na verdade não funciona. E sobre a situação da cadela, a mesma disse que facada foi algo bem grave, porque tá decepada, necrosada e com tapuru.

Continua após a publicidade: