A pregadora e digital influencer Vitória Souza participava de um culto nesta segunda-feira, 18 de setembro, em Catanduva (SP), e abandonou o local após o pastor responsável pedir para que ela priorizasse a pregação, pois ela já hávia cantado muitos louvores.

Convidada para trazer uma mensagem no evento da Assembleia de Deus Ministério Fonte de Vida do pastor Éverton Porto, Vitória cantou vários louvores, o que incomodou o pastor da igreja, que pediu que ela pregasse por 30 minutos, conforme era esperado. Vitória não gostou.

Ela e o pai, de acordo com o Fuxico Gospel, não gostaram da determinação do religioso que mandava na denominação.

Leia também:
>>> Pregadora Vitória Souza ministra e profetiza em aniversário de casal LGBT

A influencer ficou irritada ao ser chamada pelo líder de “produto” e pela alegação de que estava pagando por seus “serviços”. Logo, Vitória se retirou do local durante o culto.

Vitória a poucas semanas teve seu nome muito comentado nas redes sociais, após ser criticada no meio evangélico por participar e pregar na festa de seu amigo gay, o o influenciador Hytalo Santos, que é casado com o MC Euro.

Amigos LGBT

A Pregadora Vitória Souza utilizou as redes sociais no dia 14 de agosto para se pronunciar sobre as críticas de ter ministrado em aniversário de um casal LGBT.

A evangélica não conteve o choro enquanto explicava sua participação na celebração. Vitória afirmou que desde que a festa foi divulgada pela mídia, recebe ataques nos comentários nas redes sociais, e que recebeu diversas ligações para cancelar agendas de eventos futuros.

A pregadora reiterou que a celebração não era um casamento, como algumas pessoas especulavam, mas sim uma ação de graças. Ela também disse que chegou a distribuir uma bíblia para um dos noivos.

Elizeu Rodrigues

Em uma entrevista na terça-feira, 12 de setembro, o pastor da igreja Assembleia de Deus Madureira de Goiás, Elizeu Rodrigues, muito popular no meio evangélico, alfinetou a também evangélica Vitória Santos que aceitou R$ 100 mil de seu amigo gay após ter agendas canceladas por ter ido na festa de aniversário dele.

Apesar de não criticar Vitória, Elizeu Rodrigues chegou a afirmar que não aceitaria a doação feita pelo amigo dela.

“Eu devolveria, porque só é sustentado por acabe e Jesabel quem é falso profeta. Eu devolveria. Isso não quer dizer que ela é falsa profeta, mas eu não aceitaria o sustento de quem vive na prática do pecado. Se eu vivo da obra, é a igreja quem me sustenta. Então eu preciso defender o que a igreja defende”, afirmou o assembleiano ao Fuxico Gospel.