Pastor David Lacerda, fundador da igreja “Destravando Caminhos”, pediu aos seus fiéis, através de um vídeo, que foi publicado no perfil “Outfit do Templo”, a quantia de R$ 5.000 para completar o pagamento do aluguel do espaço em que sua denominação ocupa.

No vídeo, o religioso afirmou que R$ 30.000 já haviam sido pagos, mas que ainda faltava quitar parte do valor.

David Lacerda então enfrentou críticas após as imagens serem divulgadas, pois o mesmo perfil “Outfit do Templo” apontou os gastos do pastor com uma motocicleta Ducatti por R$ 115 mil e de um relógio da marca Rolex que ultrapassa os R$ 80 mil.

‘Pix para Jesus’

As primeiras cenas com Lívio (Breno da Matta) deixaram claro que a adição de um pastor no remake da novela “Renascer”, da TV Globo, não foi simplesmente uma forma de agradar cegamente aos evangélicos.

Bruno Luperi, autor da novela, também inseriu um aspecto crítico ao personagem, abordando questões sensíveis para essa parte do público – uma fatia que tem crescido significativamente na população brasileira, conforme indicam os dados do último Censo realizado pelo IBGE.

O personagem destaca não apenas a adaptação das práticas religiosas às tecnologias modernas, mas também aborda temas polêmicos como a teologia da prosperidade e o envolvimento político nas comunidades evangélicas.

Já no começo da trama, Lívio se destaca pela sua afinidade com a tecnologia, contrastando com figuras tradicionais como o padre Santo, interpretado por Chico Díaz.

O pastor utiliza as redes sociais e plataformas digitais para se comunicar com seus fiéis, refletindo a atual realidade onde o televangelismo evoluiu para aproveitar as novas mídias digitais.