O pastor Daniel Fich, da Assembleia de Deus de Lajeado, pediu que os cristãos façam jejum e oração diante das consequências das enchentes no Rio Grande do Sul.

Daniel alertou para discernir o aspecto espiritual da crise e a necessidade de arrependimento coletivo: “Queridos irmãos, esta situação não é apenas um desastre climático. Nós estamos em uma guerra espiritual. Existem notícias avassaladoras chegando, e aquele que é espiritual precisa discernir o mundo espiritual. Existe cheiro de morte, existe opressão pelas ruas, mas nós servimos a um Deus que é maior do que todas essas coisas”.

Na ocasião, relembrou uma história bíblica, a de Ester, que se tornou rainha da Pérsia e foi usada por Deus para salvar todo o povo hebreu, e praticava jejum.

“Eu te convido a entrarmos num jejum como Ester, em arrependimento, clamando pela nossa cidade, pelo nosso estado, pelas nossas casas, pela nossa vida e família”, pediu o pastor.

Daniel explica que o verdadeiro jejum para Deus não é aquele que apenas se é retirado o alimento, mas aquele que o coração se mostra humilde e quebrantado.