Uma denúncia feita ao site Fuxico Gospel por Deborah Viviane acusa Isaac Venerando Pereira de Lima, filho do pastor José Carlos de Lima, presidente da Igreja Assembleia de Deus da Paraíba, de não cumprir regularmente com o pagamento da pensão alimentícia de seu filho de 7 anos. A mãe da criança relata que enfrenta dificuldades constantes para receber os valores devidos, levando-a a um estado de exaustão.

Segundo Deborah, o pagamento da pensão é um estresse mensal. Ela conta que precisa implorar pelo depósito da pensão, e muitas vezes nem consegue falar com Isaac, pois ele a bloqueou nas redes sociais. “Se Isaac não atrasar o pagamento da pensão, já ajuda”, desabafa. Deborah afirma que Isaac nunca se preocupou com o filho, nunca ligou para saber sobre a saúde da criança, e que ela se mudou para Portugal com o filho em 2018.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Continua após a publicidade:

O relacionamento extraconjugal entre Deborah e Isaac ocorreu entre 2015 e 2017, e o menino nasceu em setembro de 2016. Desde então, Deborah afirma que sempre se manteve calada e que a única obrigação judicial imposta a Isaac foi o pagamento da pensão alimentícia no início de cada mês. Contudo, o cumprimento desta decisão tem sido problemático.

“É tudo por baixo dos panos. E eu estou farta de tentar no diálogo com alguém que me bloqueou”, diz ela.

Deborah também menciona que a família do pastor José Carlos de Lima não demonstra interesse na criança. Ela relata que, em entrevistas, o pastor omite a existência do neto. A única comunicação que Deborah tem com a família de Isaac é através da atual esposa dele, que faz o repasse da pensão. Em períodos em que Isaac esteve internado em clínicas de reabilitação, o repasse era feito pelo irmão mais velho dele, Ismael.

O caso, registrado no Tribunal de Justiça da Paraíba, na Comarca da Capital – Juízo da 6ª Vara de Família, processo número 0840101-73.2017.8.15.2001, destaca a dificuldade que Deborah enfrenta para assegurar o cumprimento dos direitos de seu filho.