Em uma entrevista na última terça-feira, 12 de setembro, o pastor da igreja Assembleia de Deus Madureira de Goiás, Elizeu Rodrigues, muito popular no meio evangélico, alfinetou a também evangélica Vitória Santos que aceitou R$ 100 mil de seu amigo gay após ter agendas canceladas por ter ido na festa de aniversário dele.

Vitória, que é pregadora, chegou a fazer uma live dizendo que estava recebendo críticas por ter ministrado na festa do amigo, o influenciador Hytalo Santos, que é casado com o MC Euro.

Leia também:
>>> Hytalo Santos, influenciador que convidou Vitória Souza para ministrar aniversário de casal gay, doou um carro de R$ 230 mil para Pastora Renállida

A evangélica não conteve o choro enquanto explicava sua participação na celebração. Vitória afirmou que desde que a festa foi divulgada pela mídia, recebia ataques nos comentários nas redes sociais, e que recebeu diversas ligações para cancelar agendas de eventos futuros.

https://www.instagram.com/reel/Cv9vMTMt1W0/?utm_source=ig_embed&ig_rid=337a6ec0-3788-4ddd-9068-6bfecebd71a1

Após declaração feita pela pregadora, Hytalo fez outro vídeo informando que havia realizado um pix de R$ 100 mil para a pregadora ficar em casa e não atender os próximos convites.

Apesar de não criticar Vitória, Elizeu Rodrigues chegou a afirmar que não aceitaria a doação feita pelo amigo dela.

“Eu devolveria, porque só é sustentado por acabe e Jesabel quem é falso profeta. Eu devolveria. Isso não quer dizer que ela é falsa profeta, mas eu não aceitaria o sustento de quem vive na prática do pecado. Se eu vivo da obra, é a igreja quem me sustenta. Então eu preciso defender o que a igreja defende”, afirmou o assembleiano ao Fuxico Gospel.

Pastor foi criticado por Xuxa

A apresentadora Xuxa expressou sua desaprovação a pastores que rejeitam a homossexualidade, deixando um comentário no Instagram do teólogo Hermes Carvalho Fernandes.

A postagem original criticava a pregação do pastor Elizeu Rodrigues, da Assembleia de Deus, que afirmava que os evangélicos não podiam ser homossexuais.

Na pregação de Rodrigues, ele argumentava que o cristão não tinha mais livre arbítrio, o que o impedia de seguir seus próprios desejos.

“Se você diz que é crente e quer ser gay, se você diz que é crente é quer ser lésbica, se você diz que é crente e quer ser homossexual, tira esse nome de crente da tua vida. Tira o nome de Cristo da tua vida, a Palavra é a lei! Ou se arrepende, ou vai para o inferno”, declarou Elizeu Rodrigues.

A apresentadora também criticou pastores conservadores que se posicionam contrários ao feminismo. Para ela, já que não pode prender esses religiosos, o ideal é criar um “Novo Testamento”.

“E a pergunta que não quer calar, prender não adianta, então que tal fazer um Novo Testamento? Pois o povo interpreta como quer. Que tal tirar todas as histórias de ódio e só deixar o amor? Vamos falar de amor? Essa é a verdadeira palavra de Deus”, escreveu.