Na tarde da sexta-feira, 12 de janeiro, um empresário e policial civil aposentado reagiu a um assalto na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro, atirando contra um ladrão após o mesmo roubar seu relógio. O incidente ocorreu a poucos metros da base do Lagoa Presente, um programa de segurança em bairros.

O criminoso, vítima do disparo, foi identificado como Anderson Cardoso, de 25 anos, apontado como membro de uma quadrilha especializada em roubos de relógios de luxo. O ladrão portava uma pistola no momento do assalto.

O confronto teve início quando o ladrão abordou o policial civil, que dirigia um Porsche GT. Segundo relatos da polícia, Anderson bateu com a arma no vidro do motorista, exigindo o relógio, e em seguida tentou fugir em alta velocidade. O policial aposentado então reagiu, atirando contra Anderson, que foi atingido no ombro e caiu.

Depois de ser atingido no ombro, Anderson ainda bateu em três veículos antes de cair na pista.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o policial, já fora do veículo, aponta a arma para o ladrão no asfalto. Após o incidente, policiais recuperaram o relógio e apreenderam a arma de Anderson, além da moto utilizada no crime.

De acordo com a versão do agente aposentado, haviam dois assaltantes, ambos em motos, e um deles conseguiu escapar. A polícia informou que eles possivelmente eram vindos de São Paulo.

O Corpo de Bombeiros conduziu o ladrão, ferido no ombro, para o Hospital Miguel Couto, e até o momento desta atualização, seu estado de saúde não foi divulgado.