De acordo com o levantamento do Instituto Fogo Cruzado, o início de 2024 foi o que mais teve tiroteios dos últimos cinco anos na Região Metropolitana do Recife.

Ao todo, o mês de janeiro na Grande Recife deste ano teve 180 tiroteios/disparos de arma de fogo registrados.

Em comparação com janeiro de 2023, nesse ano houve aumento de 22% nos registros.

Considerando toda série histórica no mês de janeiro, houve:

  • Em janeiro de 2024: 180 tiroteios
  • Em janeiro de 2023: 147 tiroteios
  • Em janeiro de 2022: 158 tiroteios
  • Em janeiro de 2021: 133 tiroteios
  • Em janeiro de 2020: 141 tiroteios
  • Em janeiro de 2019: 118 tiroteios

Dos 180 tiroteios mapeados, houve vítimas em 98% deles. Janeiro também foi o mais violento em relação ao número de baleados de toda série histórica. Foram 204 baleados: 147 morreram e 57 ficaram feridos.

Um aumento de 27% no número de mortos e de 43% na quantidade de feridos em comparação com janeiro de 2023.

Considerando toda série histórica no mês de janeiro, houve:

  • Em janeiro de 2024: 204 baleados — 147 mortos e 57 feridos
  • Em janeiro de 2023: 156 baleados — 116 mortos e 40 feridos
  • Em janeiro de 2022: 177 baleados — 115 mortos e 62 feridos
  • Em janeiro de 2021: 141 baleados — 87 mortos e 54 feridos
  • Em janeiro de 2020: 135 baleados — 92 mortos e 43 feridos
  • Em janeiro de 2019: 138 baleados — 91 mortos e 47 feridos