A Câmara Municipal do Recife vai contar, neste ano, com um orçamento generoso de R$ 237 milhões, enviado pela Prefeitura e que é resultado do duodécimo, os 4,5% obrigatórios que devem ser encaminhados pelo Executivo, como prevê a Constituição Federal.

O montante é 9,5% maior do que foi recebido pelo Legislativo no ano passado, na ordem de R$ 217 milhões.

O valor deve ser utilizado para custear a folha de pagamento da remuneração de vereadores e servidores, incluindo comissionados e verbas indenizatórias.

Neste ano, o salário de um vereador do Recife é de R$ 18,9 mil. No ano que vem, esse valor passará a ser de R$ 23 mil. A Câmara possui 39 parlamentares, e cada um deles tem direito a 18 servidores em seus gabinetes.

São 977 servidores no total, empregados na Casa José Mariano, distribuídos da seguinte maneira:

  • Estatutários (concursados): 96
  • Comissionados que trabalham na estrutura da Câmara: 179
  • Comissionados que trabalham nos gabinetes: 702

Para o presidente da Câmara dos Vereadores, Romerinho Jatobá (PSB), o orçamento destinado pelo Executivo é satisfatório e tem sido suficiente para cobrir os custos da Casa. Segundo ele, a Câmara tem reduzido os gastos da instituição.