Compromisso

Prefeitura do Recife entrega COMPAZ Paulo Freire, no bairro do Ibura

Quinto equipamento da rede oferta arte, educação, esportes, lazer, serviços e oportunidades para a comunidade local.

Compaz Paulo Freire Recife
Compaz Paulo Freire. Foto: Divulgação

A Prefeitura do Recife inaugurou, neste sábado, 2 de março, o Centro Comunitário da Paz (Compaz) Paulo Freire está instalado no bairro do Ibura, na UR-01, e chega trazendo arte, educação, esportes, lazer, serviços e oportunidades para a comunidade local.

Em fevereiro, a Rede Compaz foi reconhecida com o Prêmio de Serviço Público das Nações Unidas, destacando-se como iniciativa exemplar que melhor contempla os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e excelência no serviço público.

Na cerimônia de inauguração do novo equipamento, estiveram presentes o ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida; o presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Vieira; o secretário nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Felipe Sampaio; Maria de Fátima Freire, filha do educador Paulo Freire, entre outros.

O gestor também destacou os serviços disponíveis pelo local.

Com as obras, coordenadas pelo Gabinete de Projetos Especiais (GABPE), em um investimento de R$ 10,8 milhões, a expectativa é que o Compaz Paulo Freire atenda, mensalmente, cerca de 20 mil pessoas moradoras dos bairros do Ibura, Jordão, Cohab e Barro (RPAs 5 e 6).

Em seus mais de 3 mil m² de área construída, o equipamento traz inovações, respondendo às demandas da população local, que participou ativamente da concepção do projeto.

Entre elas, está a instalação de um Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), de um laboratório da Primeira Infância e de dois espaços de convivência amplos (terraço e varanda), que facilitarão os encontros e as atividades coletivas.

Parte do investimento no equipamento contou com apoio da Caixa Econômica Federal e emenda parlamentar do secretário-executivo do Ministério da Previdência Social e ex-deputado federal, Wolney Queiroz.

Após visita a diversos espaços do equipamento, Sílvio Almeida, ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, reiterou a inspiração que o Governo Federal tem no projeto.

A homenagem ao educador e filósofo Paulo Freire não poderia ser mais oportuna – referência internacional em educação cidadã, defendia que “a educação, enquanto formação humana, é um esforço indiscutivelmente ético e estético (…) aprender é uma experiência de quem cria. A prática da aprendizagem precisa acontecer em um clima de boniteza”.

O caçula da Rede Compaz contará ainda com serviços prioritários de atendimento básico, como Procon, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Central de CadÚnico, Junta Militar e Atendimento à Mulher.

Além disso, o equipamento vai proporcionar projetos para fortalecer o aspecto social e também pedagógico, voltados para a cidadania e construção de uma cultura de paz e não violência, através de salas de estudos no contraturno escolar, Unidades de Tecnologia na Educação e Cidadania (UTEC), bebeteca (espaço de apoio ao desenvolvimento especialmente voltado para bebês), atividades esportivas e culturais, danças, artes e multidisciplinares, auditório e mirante.

Arte Urbana

Na subida da Rua Ladeira da Cohab, uma explosão de cores transformou os muros de contenção e as calçadas, criando um caminho lúdico que segue o mesmo padrão geométrico do mosaico na fachada principal do Compaz Professor Paulo Freire.

Os artistas Caio Neiva, Dinha Ribeiro, Dino, Fany Lima e Salamandra também deram vida a cinco murais de arte urbana através do Programa Colorindo o Recife.

Cada painel conta uma história, transmitindo mensagens que resgatam a ancestralidade, celebram a cultura negra e alimentam a esperança por um futuro mais igualitário.

Além das intervenções visuais realizadas por meio da Secretaria Executiva de Inovação Urbana, um trecho do passeio também foi expandido e agora abriga canteiros com mudas, tornando a área ainda mais acolhedora.

O saudoso professor e filósofo Paulo Freire, figura destacada na pedagogia crítica e reconhecido globalmente por suas contribuições à educação, também recebeu uma homenagem feita pelo artista Jr.

Eu Matozo no muro em frente ao novo equipamento que leva o seu nome. Já no espaço de convivência do Compaz, o artista Almir Pedro trouxe a diversidade de gênero, raça, classe, etnia e idade, juntamente com uma variedade de atividades, como esporte, saúde, lazer e educação, que serão oferecidas pelo equipamento, proporcionando um ambiente inclusivo para a comunidade.

Na parte de trás, está em andamento a ativação da Rota da Primeira Infância, que visa qualificar a acessibilidade, segurança e conforto nos espaços públicos para bebês, crianças e seus cuidadores.

Os muros e as calçadas receberam pinturas lúdicas acompanhadas pela frase “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo”, de Paulo Freire.

Rede Compaz

O Compaz (Centro Comunitário da Paz) é a principal iniciativa no campo da segurança cidadã do Recife nas últimas décadas.

Trata-se de um centro de convivência com proposta político-pedagógica ancorada na cultura de paz como instrumento para prevenir a violência e propor outras sociabilidades.

Tem como fundamento o urbanismo social, o qual demanda a integração das políticas públicas que atuam sobre o território e incluem planos e ações integradas em infraestrutura urbana, mobilidade urbana, serviços e equipamentos públicos sociais, além de habitação social.

Inspirado nas Bibliotecas Parques da Colômbia, o Compaz propõe uma nova forma de presença do poder público nas comunidades recifenses, reunindo atividades inspiradas em diversos equipamentos criados no país vizinho: Biblioteca Viva, Cultura Cidadã, Serviços de Interesse Social, Cursos de Capacitação, Atividades Esportivas e Culturais, entre outros.

A experiência do Recife com o Compaz, além do reconhecimento da ONU, já está consolidada e servindo de referência para o restante país.

O Governo Federal já anunciou a nacionalização dos Centros Comunitários da Paz. Ao todo, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que foi relançado pelo presidente Lula, vai contemplar a construção de 40 Centros Comunitários em todo o Brasil.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife