Na manhã da segunda-feira, 8 de janeiro, um bebê de um ano e três meses morreu após ser atropelado acidentalmente pelo pai no distrito de Jabitacá, em Iguaracy, no Sertão de Pernambuco.

A criança foi atingida após o genitor fazer uma manobra de ré com seu carro e passar por cima da vítima. O homem diz não ter visto o filho atrás do veículo.

Após o ocorrido o bebê foi socorrido para uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo da criança foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Continua após a publicidade:

A Polícia Civil disse em nota que o caso foi registrado como “homicídio culposo de trânsito”, e que “o fato segue em apuração pela Delegacia de Iguaracy”.

Informações não oficiais declaram que os pais da vítima moram em Santa Cruz do Capibaribe e estariam de férias, visitando familiares em Iguaracy.

Menino atropelado em Jaboatão

Um menino de cinco anos morreu na noite da quarta-feira, 3 de janeiro, após ter sido atropelado por uma mulher, no Condomínio Recanto do Sol, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, por volta das 19h.

Segundo testemunhas, a criança atravessava na faixa de pedestre, empurrando a bicicleta, acompanhado pela mãe, quando a mulher, que estaria em alta velocidade quando bateu no menino.

Residentes também relataram que, a motorista arrastou a criança e passou com o pneu do carro por cima dela. O menino morreu a caminho do hospital.

Continua após a publicidade:

Somente no condomínio, a condutora já teria mais de 20 ocorrências por velocidade elevada, que é de 10 km/h.

De acordo com a perícia, a motorista estava acima da velocidade permitida dentro do residencial. No local, não haviam marcas de redução se velocidade do carro, mas de “sinais de arrastamento” da vítima.

A acusada foi levada pela polícia após vizinhos tentarem linchá-la. As imagens de câmeras de segurança do condomínio, poderão auxiliar no laudo e nas investigações. A mulher passou por audiência de custódia e responde em liberdade.