Raptadas

VÍDEO: Terroristas do HAMAS divulgam vídeo com crianças israelenses SEQUESTRADAS

Páginas nas redes sociais estão repercutindo vídeos onde membros do Hamas são vistos com duas crianças israelenses que foram raptadas em meio aos ataques recentes ocorridos no sábado (7).

Em um esforço para contrapor a narrativa da mídia internacional, defensores da causa palestina têm divulgado vídeos enfatizando a segurança das crianças sob o controle dos extremistas, sugerindo que a situação pode não ser tão alarmante quanto se tem noticiado.

Nas imagens, é possível observar homens portando armas pesadas enquanto seguram as crianças, inclusive balançando um bebê em um carrinho em determinado momento.

VEJA MAIS:

>> MORTE de chefe da Força Aérea do HAMAS é anunciada por ISRAEL após ataque em GAZA 

Essas crianças fazem parte de uma lista com cerca de 150 pessoas que foram feitas reféns durante o ataque surpresa dos terroristas. Embora seus nomes tenham sido confirmados entre os reféns, não há confirmação de que sejam elas as crianças mostradas nos vídeos em questão.

Ariel, de 3 anos, e Kfir, com apenas 9 meses de idade, estão entre as crianças que foram sequestradas. Fotografias mostram os dois nos braços de sua professora, Shiri, enquanto o jardim de infância em que estavam era cercado por soldados do Hamas.

CONFIRA O VÍDEO:

Além disso, os pais de Shiri, Yossi e Margit Silberman, também estão desaparecidos, presumivelmente capturados pelas mesmas forças. No entanto, informações sobre o paradeiro deles ainda não foram divulgadas.

Estupros coletivos

A Embaixada de Israel no Brasil relata que um dos membros do Hamas capturados pelas Forças de Defesa de Israel teria comunicado que recebeu a instrução de “capturar o máximo de mulheres possível para serem vítimas de estupros coletivos”.

O grupo radical islâmico Hamas realizou um ataque surpresa contra Israel no último sábado, 7 de outubro, mantendo desde então 120 pessoas como reféns, conforme informações das autoridades israelenses.