Vaticano

Papa Francisco faz REVELAÇÃO POLÊMICA que envolve Bento XVI, seu antecessor

A citação está no livro de entrevistas intitulado "El Sucesor", onde o entrevistado compartilha suas memórias.

papa francisco e bento xvi
O falecido Papa Bento XVI, cumprimentado por Francisco. Foto: Divulgação

No último domingo, 31 de março, o Papa Francisco revelou em um livro de entrevistas intitulado “El Sucesor”, escrito pelo jornalista espanhol Javier Martínez-Brocal, que ele foi “usado” numa tentativa de impedir a eleição de Joseph Ratzinger como Pontífice durante o Conclave de 2005.

Esta declaração foi divulgada pelo jornal espanhol ABC, embora o livro em si esteja programado para ser lançado em 3 de abril. O livro trata das memórias do Papa Francisco e sua relação com seu antecessor, Bento XVI.

Quando perguntado se ele próprio poderia ter sido eleito, Jorge Bergoglio respondeu que essa não era a intenção de quem influenciava os votos.

De acordo com Francisco, a situação foi “foi uma manobra e tanto”, com a intenção de bloquear a eleição do cardeal Joseph Ratzinger.

Quando indagado sobre o momento em que isso ocorreu, o atual Papa explicou:

O Santo Padre também esclareceu que Ratzinger era a sua “escolha”.

Por fim, Francisco reafirmou sua satisfação com a eleição de Ratzinger, tal como expressou inicialmente em sua primeira entrevista coletiva realizada a bordo de uma aeronave, após retornar do Rio de Janeiro.

Francisco assumiu o papado em fevereiro de 2013, sucedendo a Bento XVI, que renunciou. Bento XVI faleceu em dezembro de 2022, aos 95 anos, enquanto ocupava o status de Papa Emérito alemão.