Continua após a publicidade:

Após idas e vindas, a direção do Barcelona anunciou a demissão do técnico Xavi Hernández nesta sexta-feira. O ex-jogador, que deve ser substituído pelo alemão Hansi Flick, fará seu último jogo como técnico da equipe catalã no domingo, contra o Sevilla, pela rodada final do Campeonato Espanhol.

Continua após a publicidade:

A decisão do Barça marca a segunda reviravolta no comando da equipe em poucos meses. A primeira aconteceu há poucas semanas quando Xavi anunciara publicamente que continuaria no clube para mais um ano após informar, em janeiro, que sairia ao fim da atual temporada.

Entre um anúncio e outro, a relação entre Xavi e Laporta degringolou, de acordo com a imprensa espanhola, entre resultados abaixo do esperado e problemas financeiros do clube. O Barça encerra a temporada europeia sem nenhum título, incluindo queda precoce na Copa do Rei e uma dura eliminação na Liga dos Campeões, com direito a goleada para o Paris Saint-Germain.

No Espanhol, Xavi obteve seu melhor rendimento. O técnico assumiu o time na nona colocação e vai entregar o cargo com o vice-campeonato, atrás apenas do Real Madrid, campeão por antecipação. Apesar da forte reação, a diretoria avaliou que o desempenho da equipe ainda está abaixo do esperado, principalmente em comparação ao arquirrival, que disputará mais uma final de Liga dos Campeões, no dia 1º de junho.

Continua após a publicidade:

De acordo com a imprensa europeia, Hansi Flick é o favorito a substituir Xavi. O clube já estaria em negociação avançada com o alemão, ex-técnico do Bayern de Munique e da seleção alemã. “Nos próximos dias, o Barcelona informará sobre a nova estrutura da equipe titular”, anunciou o clube, em comunicado.

Estadão Conteúdo.