O Recife está recebendo, neste mês de março, as etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia BET7K 2024 e do Beach Pro Tour Challenge, na orla do Pina.

Os dois grandes eventos acontecem até o próximo domingo, 17 de março, e entre os dias 21 e 24, respectivamente, com nomes consagrados e jovens promessas na disputa pelo título.

Nesta sexta-feira (15), o prefeito João Campos acompanhou as quartas de final da segunda etapa do Circuito Brasileiro.

Os torneios são promovidos pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB), Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV) e a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), com o apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes.

De forma inovadora, 98% dos 2 mil lugares da arena serão gratuitos, através de cadastro no site da Confederação Brasileira de Voleibol.

Além disso, parte das entradas de cada partida será distribuída entre os projetos esportivos apoiados pela Secretaria de Esportes. Essa ação permitirá que jovens atletas locais tenham acesso a jogos de nível mundial, inspirando e motivando-os em sua própria jornada esportiva. 

Micaelly de Jesus, 13, estuda na Escola Municipal Oswaldo Lima Filho e foi, junto com os outros alunos, conferir as quartas de final do campeonato.

Os dois eventos funcionam como preparação para as Olimpíadas de Paris 2024 e vão contar com mais de 400 atletas, de 47 países. O Circuito Brasileiro terá nove etapas, cinco delas antes dos Jogos Olímpicos.

Para definir o campeão, serão computados os oito melhores resultados do ano.

O modelo lançado pela CBV em 2022, com divisão entre Top e Aberto, foi mantido, com o aumento de 12 para 16 duplas na divisão principal. O número total de duplas em cada etapa sobe de 28 para 32.

As quatro fases do Circuito Mundial que a CBV trouxe para o Brasil em 2024 – além do Recife, há Saquarema (RJ), Natal (RN) e João Pessoa (PB) – estão conectadas ao Circuito Brasileiro.

ARENA E MOVIMENTAÇÃO TURÍSTICA – A arena multiuso montada na praia do Pina tem capacidade para 2 mil pessoas. Estima-se que os dois eventos movimentam entre 100.000 e 150.000 pessoas, impulsionando o comércio formal e informal na Praia do Pina e arredores.

SOCIAL – Professores da Rede Municipal de Ensino e funcionários da Secretaria de Esportes foram capacitados por meio de cursos específicos focados no ensino e treinamento de vôlei de praia, ministrados por treinadores experientes.

Além disso, bolas ficarão como doações dos participantes, que serão destinadas para projetos apoiados pela Prefeitura do Recife.

Atletas participantes também vão se engajar em visitas a escolas e projetos sociais indicados pela pasta de Esportes, compartilhando experiências, oferecendo treinamento prático e inspirando os jovens a se envolverem no esporte.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife.