Com a complicada missão de vencer o Sport por 2 a 0, no segundo jogo da final do Campeonato Pernambucano, o Náutico apresenta um retrospecto desanimador para o confronto. São duas décadas desde a última vitória do Timba fora de casa sobre o Leão.

Em 28 de março de 2004, um jogo válido pelo 2° turno do Campeonato Pernambucano, o clube alvirrubro veceu o Sport, na Ilha do Retiro, pelo placar de 3 a 1, com gols de Gil Baiano, Batata e Kuki.

Ainda em 2004, o Timba conseguiu reverter um resultado na final do estadual, contra o Santa Cruz. No primeiro jogo, perdeu em casa por 1 a 0, e no segundo confronto, venceu a Cobra Coral, em pleno Arruda, por 3 a 0.

No sábado, 6 de abril, o jogo acontecerá na Arena de Pernambuco, às 16h30, com mando de campo do Leão, que deve contar mais uma vez com 45 mil torcedores nas arquibancadas. O Náutico terá 90 minutos para igualar o placar de 2 a 0 e forçar as penalidades máximas.