A mudança de Lewis Hamilton para a Ferrari na temporada de 2025 da Fórmula 1 pode enfrentar alguns obstáculos.

Um deles é a cláusula contratual que impede o heptacampeão de F1 de levar seu engenheiro de longa data, Peter Bonnington, conhecido como “Bono”, para a Scuderia italiana.

A Mercedes, equipe atual do britânico, tomou medidas estratégicas em seu contrato mais recente, proibindo explicitamente que ele leve colegas de equipe consigo em caso de mudança de equipe.

Na história da F1, é comum ver membros das equipes, como engenheiros e mecânicos, acompanhando os pilotos em suas mudanças de equipes.

No entanto, a equipe liderada por Toto Wolff parece determinada a encerrar essa tradição.

Essa cláusula contratual não apenas impede Lewis de convidar Bono para a Ferrari, mas se estende a toda a equipe.

A Ferrari, por sua vez, é conhecida por suas abordagens estratégicas nas contratações, e apesar das restrições contratuais de Lewis Hamilton, pode tentar atrair talentos da Mercedes.