Felipe Massa revelou, ao Estadão, enorme confiança em sair vencedor do processo que abriu contra a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1, para ser declarado o campeão da temporada 2008.

Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Esportes no seu celular

Em março, o ex-piloto da Ferrari oficializou na Superior Corte de Justiça de Londres, uma ação contra a FIA, a Formula One Management (FOM), e outra contra o ex-presidente da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, questionando o resultado da temporada, cobrando a anulação do GP de Cingapura após a admissão que Nelsinho Piquet bateu de propósito para Fernando Alonso ganhar aquela prova.

Continua após a publicidade:

Com a anulação do GP de Cingapura, Massa ultrapassaria o campeão Lewis Hamilton e levaria o título para a Ferrari.

Massa aposta muito em Stefano Domenicali, atual CEO da Fórmula 1 e ex-chefão da Ferrari na época do Cingapuragate, para ser declarado o campeão.

O processo não tem prazo para ser julgado, mas Massa garante que vai esperar por um resultado positivo e tem “certeza” que tudo vai dar certo.

Continua após a publicidade:

STOCK CAR E SÃO PAULO

Enquanto isso, vai se divertindo nas pistas da Stock Car e comemorando o bom momento do São Paulo, onde seu filho tenta ser jogador nas categorias de base.

“Ele é apaixonado por futebol. E pelo São Paulo. Se eu sou torcedor roxo, ele é muito mais que roxo”, disse o piloto, enquanto seu guri olhava atento à taça da Copa América.

Na visão de Felipe Massa, Luis Zubeldía está fazendo um trabalho primoroso no time.

Continua após a publicidade:

Estadão Conteúdo.