Baby do Brasil se pronunciou após a cena curiosa que protagonizou com Ivete Sangalo entre os trios do carnaval de Salvador.

Após fazer um discurso alertando os foliões sobre o apocalipse, em nova entrevista publicada na quarta, 14, Baby avaliou sua atitude como uma “criancice”: “É uma loucura que acontece comigo. É uma criancice que eu tenho e, às vezes, fica um pouco irresponsável. Mas Deus dá jeito em tudo”, disse, ao portal UrbNews.

Baby do Brasil, porém, reforçou que ela e Ivete são amigas e que a cantora prestou uma homenagem a ela momentos antes.

‘Rockstora’ e abdução

Na entrevista, Baby também revelou que já teria sido abduzida.

A cantora afirma que uma de suas filhas, Sara – hoje pastora, que ficou conhecida no grupo pop SNZ -também teria sido abduzida “Eu vim com um caroço enorme aqui”, disse, apontando para a testa.

Relembre a história

As cantoras Baby do Brasil e Ivete Sangalo se uniram durante o Bloco Coruja, em Salvador, neste sábado, 10, mas um momento inusitado pegou de surpresa os presentes.

Baby do Brasil pediu atenção para fazer um discurso religioso sobre apocalipse.

Surpresa, Ivete rebateu: “Eu não vou deixar acontecer, porque não tem apocalipse certo quando a gente ‘maceta’ o apocalipse”, iniciou ela.

Em seguida, Baby pediu para que Ivete cantasse Pequena Eva, da Banda Eva, mas a cantora declarou que apresentaria Macetando, parceria com Ludmilla e um dos maiores hits do carnaval.

Estadão Conteúdo