“Tivemos muita criminalização da política. Por isto, elegemos este traste, porque negamos a política. É um disparate não gostar de política, politica é posição, é escolha, essa capacidade indica o caminho para seguir”, disse. “Por conta disto tudo, vamos ter uma eleição dura. Quando ela é disputada é estimulante, mas o que esperamos é que elas sejam violentas, de fake news, de mentiras. Teremos que responder com coragem, determinação e alegria”, afirmou.
Definição da Frente Popular 

A chapa majoritária da Frente Popular já tem um nome para concorrer ao Senado. Durante o XVI Encontro Estadual do Partido dos Trabalhadores, o nome da deputada estadual Teresa Leitão foi referendado pelos petistas, pelo governador Paulo Câmara e pelo candidato a governador Danilo Cabral.

Nas redes sociais, a deputada estadual fez várias publicações do momento que aconteceu no domingo, 15 de maio.

“Na minha vida tenho muitas “primeiras vezes”. Fui a primeira mulher a presidir o Sintepe, a primeira deputada estadual de Pernambuco a ter cinco mandatos seguidos, a primeira mulher a presidir o PT de Pernambuco. É com coragem, alegria e esperança que assumo mais esse desafio, o de ser a primeira mulher senadora pelo nosso estado”, disse Teresa Leitão.

Quanto às críticas e cobranças sobre uma suposta “demora” na escolha da candidata ao Senado, Teresa rebateu: “estão falando que ‘acabou a novela’, mas não tem novela nenhuma. Aqui tem muito é política, conversa, debate, responsabilidade com as escolhas. E a política tem seu próprio tempo”.

Os discursos foram focados na importância de uma união efetiva para a vitória nas urnas em 2 de outubro, com Lula presidente, Danilo governador e Teresa senadora. Lula foi muito citado, como figura central, grande articulador da aliança PT-PSB no plano nacional.

Prestigiaram o evento, além do candidato a governador e do governador, estavam presentes o presidente do PSB, Sileno Guedes; o presidente do PV, Clodoaldo Magalhães; o presidente do PT, Doriel Barros; o senador Humberto Costa, o deputado federal Carlos Veras, entre outros. Também foi anotada a presença de diversos representantes do movimento social e sindical do estado.