Com uma rodada de antecedência, a seleção feminina conquistou o 23º título do Campeonato Sul-Americano. Na terça-feira, 22 de agosto, o Brasil venceu o Peru por 3 sets a 0 (25/14, 25/18 e 25/9). Foi a terceira vitória seguida das brasileiras em sets diretos.

Com o resultado, as donas da casa não podem mais ser ultrapassadas pelos adversários em número de vitórias, número de pontos e saldo de sets.

Leia também:
>>>EM RECIFE, SUL-AMERICANO FEMININO de VÔLEI começa neste SÁBADO (19) no GERALDÃO; prefeito JOÃO CAMPOS prestigiou o último treino da SELEÇÃO

A equipe do treinador José Roberto Guimarães contou, mais uma vez, com um grande apoio da torcida recifense que lotou o ginásio Geraldão. A central Thaisa foi a maior pontuadora do confronto, com 17 acertos. O Brasil encerra a participação na competição às 20h30 desta quarta-feira, 23 de agosto, contra a Colômbia. O sportv 2 transmite ao vivo.

Thaisa, central, marcou 17 pontos (13 de ataque, dois de bloqueio e dois de saque) – “Foi uma vitória importante, a equipe ganhou jogando bem e com muita energia positiva. A torcida foi muito calorosa e isso fez toda a diferença. Treinamos muito forte e estávamos com vontade de colocar para fora todo o nosso voleibol. Nosso jogo começou a fluir. Estou feliz com esse título, mas ainda temos um jogo importante contra a Colômbia. Queremos terminar bem esse Sul-Americano. E só temos que agradecer ao povo de Recife”.

Gabi, ponteira e capitã, fez oito pontos (seis de ataque e dois de bloqueio) – “Fomos campeãs depois de três partidas e três vitórias. A equipe cresceu jogo a jogo, conseguimos sentir a energia de Recife, a torcida compareceu, a hora do hino foi indescritível. Nosso objetivo era ganhar o Sul-Americano, mas temos mais uma partida. O mais importante é ver o crescimento da equipe, estamos cada vez melhores nos nossos fundamentos. Sabemos que temos um longo caminho pela frente, mas estamos no caminho certo”.

Roberta, levantadora – “A vitória trouxe o campeonato para o Brasil. Esse é o nosso 23º título sul-americano e é muito bom ser campeã em quadra representando o Brasil. O campeonato ainda não acabou e amanhã temos mais um jogo. A cada partida buscamos melhorar para chegar onde almejamos. Nosso foco é o Pré-Olímpico e fico feliz com nossas atuações. Hoje mantivemos o foco em toda a partida. A nossa postura tem melhorado e estou feliz pelo título”.

Julia Bergmann, marcou seis pontos de ataque – “Primeiro quero agradecer a todos que torceram pela seleção em Recife e na televisão. É o meu primeiro título sul-americano adulto. Sempre é especial jogar no Brasil ainda mais com uma torcida como essa. O título é de todos nós”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil – “Esse título do Sul-Americano é importante, principalmente por ter sido conquistado aqui no Brasil. Há 14 anos nós não jogávamos o Sul-Americano aqui. Foi uma competição muito importante na preparação para o nosso principal alvo da temporada, que é o Pré-Olímpico. Buscar opções e dar ritmo a todo mundo. No Pré-Olímpico teremos sete jogos e vamos precisar de um elenco grande e preparado. Amanhã uma vitória sobre a Colômbia seria fechar com chave de ouro essa competição. Recife nos acolheu calorosamente, foi emocionante, uma energia fantástica. Isso nos fortalece para os próximos desafios”

O Sul-Americano reúne cinco equipes – Brasil, Colômbia, Argentina, Peru e Chile – e é disputado em pontos diretos, com as equipes jogando entre si.

CBV