Foto:Beto Dantas/Portal de Prefeitura

Foto:Beto Dantas/Portal de Prefeitura

A REDE Sustentabilidade, é um partido político brasileiro que teve seu registro definitivo em setembro de 2015. Atualmente a legenda busca escapar da chamada cláusula de barreira, que estabelece os critérios para que partidos tenham tempo de televisão (para propaganda partidária) e acesso ao fundo partidário (o dinheiro público que é repassado às legendas).

O partido tem como principal nome Marina Silva, ex-ministra do meio ambiente do governo Lula, passou pelo PT, PV, PSB e atualmente é líder do partido. Em 2016  a REDE conseguiu eleger um total de 205 candidatos nos dois turnos do pleito municipal. Destes, seis são prefeitos, 18 vices e 181 vereadores.

Para 2018 a legenda vem encontrando dificuldades para formar alianças na disputa presidencial. Mas a pré-candidata Marina Silva, destacou  em entrevista coletiva que: “Ainda que porventura tenhamos discordância, o partido tem autonomia para tomar suas decisões (locais) levando em consideração a avaliação do próprio Estado”, se referindo ao fato de muitos palanques estaduais defenderem outros pré-candidatos à Presidente.

O episódio mais recente nos últimos dias de pré-campanha envolvendo o partido, foi um encontro com cara de “quebra de gelo” entre Marina Silva e o presidente do PV, José Luiz Penna, após oito anos afastados. Nesta reunião não ficou garantido um apoio entre os partidos, pelo menos não para o primeiro turno.

Em pernambuco a REDE tem como pré-candidato ao governo do estado o ex-prefeito de Petrolina/PE, Júlio Lossio, que também se mostra aberto a receber apoios em sua campanha estadual, ou até mesmo ser vice de Marília Arraes, em uma possível candidatura da vereadora pelo PT. “Penso que as questões regionais têm que ser respeitadas”, afirmou o pré-candidato.