Recife recebeu o seu primeiro certificado de Cidade Árvore do Mundo (Tree Cities of the World) 2022. O título é fornecido pela Fundação do Dia da Árvore (Arbor Day Foundation) e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO/ONU), organizadores do programa.

O certificado coloca a capital pernambucana entre as cidades de destaque mundial pelo plantio e cuidado com as árvores. É um reconhecimento não apenas pela quantidade de árvores, mas também pelo compromisso do Recife com o manejo urbano eficaz, que está ajudando a garantir um futuro melhor para os seus moradores. No total, 168 cidades de 21 países foram reconhecidas e outras 50 cidades se juntaram à rede pela primeira vez.

Para receber o selo, Recife teve que provar o seu engajamento com as árvores e a silvicultura e atender a uma série de requisitos relacionados à gestão da arborização urbana, informando se possui instrumentos legais, planos e diretrizes para proteção e manejo das árvores, do sistema de parques e áreas verdes, vegetação nativa remanescente e áreas de preservação.

Leia também:
>>>GO RECIFE: 120 NOVAS VAGAS de emprego são ABERTAS para bares e restaurantes; saiba como se inscrever

Banhada por rios e canais, Recife, a Veneza Brasileira possui uma importante e expressiva cobertura vegetal. Segundo dados do Plano de Ordenamento Territorial (2018), a cidade possui 91,9 km² de área verde, o que representa 42,1% do seu território, conferindo um índice de 60,11 m² de área verde por habitante, índice cinco vezes maior do que a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), que preconiza um mínimo de 12m² de área verde por habitante.

Atualmente, a cidade conta com uma média móvel de 259.565 árvores, sendo 159.304 indivíduos localizados em logradouros públicos e 100.261 indivíduos dentro dos lotes. Além delas, o Recife possui ainda uma vasta cobertura vegetal formada principalmente pelas Unidades de Conservação da Natureza (UCNs), que ocupam aproximadamente 38% do território.

As vantagens da arborização são múltiplas e variadas: além de contribuir para o equilíbrio do meio ambiente, aumenta a permeabilização do solo e proporciona melhorias na qualidade de vida dos munícipes.

Quem quiser solicitar à Prefeitura plantio na área da capital pode fazê-lo através do fone 156, da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (EMLURB). Os plantios acontecem através das equipes da sementeira mantida pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb). Em 2021, apenas a Emlurb plantou 1.516 árvores na capital pernambucana em 30 bairros de toda a cidade.

Desde 2022, o plantio na capital pernambucana atende ao novo padrão de arborização, que apresenta diâmetro à Altura do Peito (DAP) de pelo menos 5 cm. Isso garante que sejam árvores bem robustas e que tenham capacidade de enfrentar as condições adversas do ambiente urbano. Ao todo, já foram plantadas cerca de 300 árvores seguindo esses critérios e mais mil árvores estão sendo preparadas para serem plantadas nas principais avenidas da cidade.

Lançado em 2019, o programa Cidades de Árvores do Mundo é uma parceria da FAO e da Fundação Arbor Day para conectar cidades ao redor do mundo em uma rede dedicada a adotar as abordagens mais bem-sucedidas para o manejo de árvores e florestas urbanas.As cidades eleitas farão parte de uma rede que continua a crescer, proporcionando uma oportunidade de aprendizado, enquanto buscam a excelência em silvicultura urbana.

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Oscar Barreto, o selo confirma a prioridade da gestão para ações com foco na sustentabilidade e que contribuam para a mitigação e adaptação à mudança do clima.

As florestas e árvores urbanas são essenciais no desenvolvimento urbano sustentável, mas, acima de tudo, ajudam no bem-estar da população e a transformar a nossa localidade em um lugar mais verde e que contribua para a desaceleração das mudanças climáticas. Fico muito feliz por termos conquistado mais esse selo e saber que estamos no caminho certo”, comentou Oscar Barreto