Iniciativa

Prefeitura do RECIFE anuncia INVESTIMENTO de R$ 116 MILHÕES para construção do HOSPITAL DA CRIANÇA

A Prefeitura do Recife publicou, no Diário Oficial do Município desta terça-feira, 25 de julho, o edital de licitação para construção do Hospital da Criança do Recife (HCR).

A unidade de saúde de média complexidade, voltada para o público infanto-juvenil, terá 10 mil m² de área construída e será erguida no terreno de número 121, localizado na Avenida Recife, no bairro do Caçote.

Leia também:
>>>Prefeitura do RECIFE investe R$ 1,3 MILHÃO EM OBRAS de contenção de ENCOSTAS no bairro de Água Fria
>>>Prefeitura do Recife inicia obra de ampliação com INVESTIMENTOS DE R$ 2,3 MILHÕES no Hospital Veterinário

https://www.instagram.com/p/CvIQEhRNfGq/

O valor do investimento será de R$ 116 milhões, cabendo ao Gabinete de Projetos Especiais a coordenação e o acompanhamento das obras.

O processo licitatório deverá durar cerca de 90 dias, obedecendo os trâmites e prazo estabelecidos pela Lei nº 8.666. Após o cumprimento desta etapa, a empresa vencedora terá 10 meses para concluir as obras.

“Com o Hospital da Criança, o Recife passará a ter três hospitais geridos pela Prefeitura, que são o Hospital da Criança, o Hospital do Idoso e o Hospital da Mulher. Hoje, a gente deu um grande passo, com a publicação do edital de licitação da obra do Hospital da Criança do Recife. Um hospital que vai conter UTI, leitos de internamento, ambulatório para consultas e exames. E uma inovação, uma escola hospitalar. Dentro do hospital, vamos ter uma estrutura da educação para possibilitar o ensino para as crianças que estejam internadas”, comemorou o prefeito João Campos.

 

“A concepção, desde o início, é de uma estrutura que possa oferecer saúde, mas que também possa oferecer um cuidado humanizado, com muito acolhimento. Vamos estar começando a obra ainda este ano. Vamos fazer e fazer bem feito. Com tudo que há de mais moderno e de acolhimento para nossa cidade”, acrescentou o gestor.

O Hospital da Criança atenderá crianças e adolescentes da capital pernambucana com até 17 anos e terá capacidade para ofertar, por mês, 8.860 procedimentos, entre consultas, exames e cirurgias de pequeno porte.

O espaço vai contar com 60 leitos no total, sendo 50 de enfermaria e 10 de terapia intensiva (UTI). Na unidade hospitalar, meninos e meninas terão acesso a ambulatórios especializados em diversas subespecialidades pediátricas, como ginecologia, psiquiatria e neuropediatria, leitos integrais de saúde mental, Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) e Centro de Apoio ao Atendimento à Criança Vítima de Violência, além de Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

Além disso, a unidade de saúde ainda contará com uma Escola Hospitalar, que vai garantir a escolarização das crianças que estão internadas no local.

O propósito é que, mesmo hospitalizados e impossibilitados de participar das aulas regulares, os pequenos recifenses não tenham os estudos prejudicados.

Por ser voltado ao público infantil, o Hospital da Criança terá ambientes lúdicos, janelas amplas e vista para o ambiente externo.

Pensado para ser um equipamento sustentável, durante o dia, será aproveitada a luz natural para iluminação no espaço interno.

O projeto também usará painéis de madeira para a decoração, com elementos e pinturas que remetem à natureza e às brincadeiras infantis, uma vez que estudos especializados apontam que ambientes acolhedores auxiliam na recuperação das crianças.

Em seu estacionamento, será garantida a acessibilidade e um paisagismo favorável ao conforto térmico. Além das vagas destinadas aos veículos, na área também será proporcionado espaços de abrigo e convivência, como balanços e piões mexicanos, que vão servir de sombreiros ou brinquedos para crianças.

Subespecialidades

No bloco ambulatorial do Hospital da Criança, serão oferecidas diversas subespecialidades pediátricas, tais como: Pediatria, Fisiatria, Neuropediatria, Psiquiatria, Gastroenterologia, Psicologia, Ginecologia, Nutrição, Hebiatria, Dermatopediatria, Oftalmopediatria, Otorrinopediatria, Cirurgia Pediátrica e fisioterapia respiratória.

A unidade hospitalar também vai contar com o Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico, onde serão realizados exames complementares para conclusão de diagnósticos clínicos, ambulatoriais e cirúrgicos.

O espaço disponibilizará análises de imagens e laboratoriais gerais e específicas, como radiologia simples e com contraste, ultrassonografia, tomografia computadorizada, eletroencefalograma, eletroneuromiografia, teste pulmonar, endoscopia digestiva e patologias clínicas.

Leitos

Já o bloco hospitalar, vai contar com 60 leitos de internação clínica e cirúrgica – sendo 50 de enfermaria e 10 de UTI.

No local, também haverá estrutura para realizar cirurgias de pequeno porte. Para isso, o espaço será equipado com duas salas cirúrgicas e uma sala de recuperação anestésica.

Já o bloco administrativo, terá auditório, cozinha, refeitório, almoxarifado, farmácia, área para engenharia hospitalar, vestiários, banheiros e docas para carga e descarga.