O Ministério da Saúde publicou informações sobre os critérios de pagamentos do piso salarial da enfermagem, na última quarta-feira, 16 de agosto. Vale ressaltar trecho do documento apresentado pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) onde foi definido os valores da categoria destinados aos estados e municípios.

O piso da enfermagem será pago para unidades federativas ? Confira mais informações e fique atento as datas.

Repasse do piso salarial será feito em 21 de agosto

Leia também:
>>>COREN-PE abre PROCESSO SELETIVO para vagas de ENFERMAGEM, DIREITO, ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS e COMUNICAÇÃO; veja como participar
>>>PISO DA ENFERMAGEM: Cidade ANTECIPA pagamento COM REAJUSTE para categoria; saiba onde

Entre as informações divulgadas no documento em portaria do piso salarial da enfermagem está previsto para ocorrer nesta segunda-feira (21). Nesta data ocorrerá o repasse dos valores para a categoria e para estados e municípios, ainda não sendo distribuídos para os enfermeiros.

O pagamento do piso da enfermagem para as entidades sem fins lucrativos será distribuído pelos estados e municípios vinculados com as instituições.

Os R$ 7,3 bilhões a serem repassados em 21 de agosto estão previstos para garantir o pagamento retroativo do piso salarial enfermagem dos meses de maio, junho e julho. Após esse recebimento, os valores ocorrerão normalmente com os demais salários. Também está incluso na distribuição do piso da enfermagem uma quantia para o décimo terceiro dos enfermeiros.

A portaria informa que os valores repassados pelo governo precisa ser pago aos enfermeiros em até 30 dias após a distribuição. Os meses de de maio, junho e julho serão pagos até 20 de setembro aos enfermeiros do setor público e grupos sem fins lucrativos, conforme indica o documento.

Valor do piso salarial da enfermagem 2023

De acordo com a lei aprovada no Congresso Nacional ainda no governo Bolsonaro, o novo Piso Salarial Nacional da Enfermagem será pago da seguinte maneira:

  • R$ 4.750 para enfermeiros;
  • R$ 3.325 para técnicos em enfermagem;
  • R$ 2.375 para auxiliares de enfermagem e parteiras.

O Ministério da Saúde deverá realizar o pagamento em nove parcelas, incluindo um valor retroativo. Até o momento, porém, o calendário oficial com as datas do repasse não divulgado.