Quando o assunto é insegurança, o Brasil costuma ser destaque global. Desta vez, o país volta a ocupar números alarmantes.

Das 50 cidades mais perigosas do mundo, 10 são brasileiras e 9 estão situadas na região Nordeste. Os dados são de um ranking anual elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal.

A cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, tem a pior taxa de homicídios por 100 mil habitantes do país (63,21) e ocupa a 11ª posição na lista mundial. Os dados refletem o ano de 2022.

A cidade com mais insegurança no planeta é a mexicana Colima, com uma taxa de 181,94 mortes violentas por 100 mil habitantes. Em 2021, a também mexicana Zamora estava em primeiro lugar.

Ao todo, o México tem 17 municípios no ranking, e o Brasil vem em segundo lugar, com 10.

Leia mais:

Seis capitais do Nordeste estão entre as cidades mais violentas do mundo; confira lista 


Confira as cidades brasileiras e suas respectivas posições:

  • Mossoró — Rio Grande do Norte (11);
  • Salvador — Bahia (19);
  • Manaus — Amazonas (21);
  • Feira de Santana — Bahia (22);
  • Vitória da Conquista — Bahia (26);
  • Natal — Rio Grande do Norte (28);
  • Fortaleza — Ceará (31);
  • Recife — Pernambuco (35);
  • Maceió — Alagoas (36);
  • Teresina – Piauí (40).

A lista considera o número de homicídios por 100 mil habitantes e inclui apenas cidades com 300 mil habitantes ou mais. Países que vivem “conflitos bélicos abertos”, como Síria e Iraque, foram excluídos da sondagem.

O estudo foi produzido com base em dados oficiais ou de fontes alternativas, como ONGs.

Da redação do Portal com informações do Conexão Política