Privilégio

ALEPE: deputados terão direito a mais TRÊS ASSESSORES com salário de até R$ 10 mil

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), deputado Álvaro Porto (PSDB), promulgou a Lei Estadual 18.355, de 23 de outubro de 2023, que garante a contratação de mais três assessores comissionados para um dos líderes das bancadas do Governo, oposição e independente, além de líderes de partidos e blocos partidários.

Membros da Mesa Diretora da Assembleia, com exceção do presidente e do primeiro-secretário, que já tinham suas assessorias, também serão beneficiados com a medida.

“As despesas com os vencimentos e as gratificações de representação dos cargos comissionados de que trata este artigo não poderão exceder, mensalmente, o valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), reajustados de acordo com os reajustes concedidos aos servidores do Poder Legislativo, excluídos deste limite os auxílios de caráter indenizatório”, diz trecho da lei.

Leia mais:
>>> ALEPE: Novo arcebispo de OLINDA e RECIFE recebe homenagem

Novo deputado assume vaga

A Reunião Plenária do dia 25 de setembro, foi marcada pelo retorno do deputado Edson Vieira (União). Após tomar posse, no início da tarde, o deputado discursou no Grande Expediente.

O novo integrante da Alepe ocupa a vaga deixada pelo deputado Antonio Coelho (União Brasil), licenciado para assumir a Secretaria de Turismo e Lazer do Recife, na última sexta, 22.

No discurso no Plenário, o novo parlamentar destacou a importância de discutir políticas e buscar recursos para a região onde fez sua carreira política.

Vieira foi prefeito de Santa Cruz do Capibaribe (Agreste Setentrional) entre 2013 e 2020. Antes disso, ocupou uma cadeira na Alepe entre os anos de 2007 e 2012.

Em aparte ao pronunciamento do novo parlamentar, o deputado Mário Ricardo (Republicanos) comentou que, com a chegada de Vieira, o Legislativo Estadual passa a ter mais um ex-prefeito entre seus membros.

O novo parlamentar recebeu também a saudação do líder do Governo, Izaías Régis (PSDB), o líder do seu partido, Romero Sales Filho (União), e o primeiro-secretário, Gustavo Gouveia (Solidariedade).

Os deputados João Paulo (PT), Lula Cabral (Solidariedade) e Sileno Guedes (PSB) também deram boas vindas a Edson Vieira em apartes a seu discurso.

Edson Vieira manifestou no seu discurso, ainda, elogios ao trabalho do deputado licenciado Antonio Coelho.