Boicote

Ações de DONA DA BIS despencam QUASE 5% após selar PARCERIA com o influenciador FELIPE NETO

A Mondelez foi duramente atingida recentemente, com o desdobramento da associação com o conhecido YouTuber, Felipe Neto, transcendeu os limites da esfera digital, tendo um impacto direto nas finanças da gigante americana. No mercado de ações do Brasil, as ações da Mondelez, a empresa-mãe da adorada marca de chocolate Bis, sofreram uma queda acentuada e encerraram a semana com uma redução superior a 5% em comparação com o valor da semana anterior.

A história é que no dia 6 de outubro, as ações da Mondelez fecharam em R$ 165,41. Em 10 de outubro, a conta da Bis em uma rede social, compartilhou uma publicação do influenciador Felipe Neto em um jato particular, segurando uma embalagem de chocolate, com uma legenda agradecendo à Bis por estarem “juntos nessa jornada”.

VEJA MAIS:

>> Felipe Neto sobre encontro de Lula e Maduro: “Deu um tiro no pé da própria imagem”

A resposta foi imediata, com vários usuários conservadores das redes sociais se manifestando contra a marca. Uma campanha de boicote se espalhou rapidamente, com influenciadores como Thiago Asmar, do Canal Pilhado, e o especialista em segurança Bene Barbosa anunciando que não apoiariam mais o produto. Hashtags como #BisNuncaMais ganharam popularidade online.

Parece que essa intensa rejeição ao chocolate teve repercussões significativas no desempenho da empresa. No encerramento desta sexta-feira, as ações da Mondelez encerraram o pregão em R$ 156,90, mais de R$ 8 abaixo do valor da semana anterior, representando uma queda de 5,1%. A marca emitiu um comunicado ao site Meio & Mensagem, esclarecendo que suas parcerias com influenciadores são puramente relacionadas à sua relevância no universo dos jogos e entretenimento, e não possuem vínculos ou apoio político de qualquer tipo.

Em suas palavras: “A Mondelez Brasil, produtora da marca BIS, reafirma que suas colaborações com influenciadores estão unicamente ligadas à sua importância no cenário gamer e de entretenimento, sem qualquer ligação ou apoio político. Como líder no mercado de petiscos no Brasil e no mundo, a Mondelez reitera seu respeito absoluto pela diversidade de opiniões”, afirmou.