Continua após a publicidade:

Êxodo 14:13-14 – “Moisés, porém, disse ao povo: ‘Não temais; estai quietos, e vede o grande livramento do Senhor, que hoje vos fará… o Senhor pelejará por vós!'”.

O homem moderno é um ser ansioso. Um grande psicólogo norte-americano afirma: “A característica mental mais saliente da civilização é a ansiedade. E a característica da ansiedade é a sensação de insegurança, de imprevisto!”

Continua após a publicidade:

É estranho que, apesar de toda a segurança que nos promete a civilização, o homem atual seja um aflito, um grande angustiado. E, à medida que as novas descobertas e avanços nos vários campos da ciência mais se desenvolvem, a ansiedade humana parece mais distante.

O que está errado? O homem, a ciência, a civilização, o ambiente em que vivemos? Sem dúvida, o errado, o doente é o espírito do homem. Uma bem conhecida estrela do cinema, tendo sofrido um esgotamento nervoso, disse: “Tenho dinheiro, beleza, popularidade! Tudo para ser feliz. No entanto, me sinto miserável! Por quê?” Um líder político inglês declarou a um amigo: “Perdi todo o desejo de viver, embora tenha tudo para viver. O que estará acontecendo comigo?”

Para todos estes males, a resposta é sempre a mesma! As causas profundas estão dentro de nós. É o espírito do homem que está enfermo. O ambiente tem grande força, mas a conduta humana é determinada pelo que há dentro de nós.

Continua após a publicidade:

A ocasião não faz o ladrão, mas revela o ladrão! Assim é a vida espiritual. Adão caiu no melhor ambiente, o Paraíso! José, jovem, no pior ambiente permaneceu fiel a Deus, aos seus princípios de pureza moral e espiritual e de respeito aos bens e à dignidade do próximo. A Bíblia não se limita apenas à análise da ansiedade e do sofrimento, mas indica o remédio próprio.

  1. Corrigir os pensamentos. “Pensamento é a alma da ação! O poeta Browning disse: ‘O homem vive o que pensa!’ Por isso diz o apóstolo Paulo: ‘Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, se há algum louvor, nisto pensai e o Deus da paz será convosco!’” (Filipenses 4:8-9).
  2. Em segundo lugar, conservar a calma. “Estai quietos e vede o grande livramento do Senhor, que hoje vos fará.” Lembremo-nos deste maravilhoso Salmo 37:5: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e ele tudo fará!”
  3. Conservar a mente e o coração. “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida!” (Provérbios 4:23) “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus!” “Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, os enganos, a dissolução, a loucura!” Todas estas e outras coisas trazem enfermidade à mente humana, abatem o espírito, levando o homem à ansiedade. Portanto, um dos remédios bíblicos para a cura radical deste mal terrível é a limpeza da mente e do coração! Como isso é possível?
  4. Pelo sangue do Senhor Jesus Cristo, que nos purifica de todo o pecado.
  5. Pela nossa comunhão constante com Ele, que é luz, pureza, amor, paz.
  6. Pela leitura sistemática e diária da Bíblia.
  7. Pela oração.
  8. Pela vigilância das leituras que fazemos e da linguagem que usamos.

Assim, vamos criando hábitos e estes hábitos formam o nosso caráter. E um caráter verdadeiro está livre da ansiedade, pois descansa e confia no Senhor.

Conclusão: Experimente viver estas lições a partir de hoje, e o Deus de toda paz encherá o seu coração de alegria, confiança e muita paz!

Aleluia! Amém!

Continua após a publicidade:

Esta mensagem foi escrita pelo Rev. Antônio Elias, meu pai espiritual e amigo pessoal do nosso +D. Paulo Garcia, que várias vezes o levou para pregar na Tijuca, igreja que +D. Paulo pastoreava.

Esta mensagem foi escrita no final dos anos 1960 e início dos anos 1970!

Continua após a publicidade:

Por: +D. Alexandre Ximenes.