O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alertou que entre os dias 14 e 17 de junho, uma frente fria ficará semi-estacionária no Rio Grande do Sul.

Isso acontece porque o ar quente do centro do Brasil entrará em contato com o ar frio de sul, provocando chuva forte sobre a maior parte do estado gaúcho e também áreas de Santa Catarina, especialmente no sul catarinense.

De acordo com a previsão do Inmet, os acumulados de chuva, entre o fim da sexta-feira (14) até a quarta-feira (19), variam entre 80 milímetros (mm) e 150 mm no estado gaúcho, podendo superar os 200 mm em determinadas áreas do centro-norte do Rio Grande do Sul e de 100 mm a 200 mm no sul de Santa Catarina.

Continua após a publicidade:

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

A chuva mais forte ficará concentrada na metade norte do estado gaúcho, especialmente Planalto, Missões, Alto Uruguai e Serra entre o domingo (16), segunda (17) e parte da terça (18). Nesses dias estão previstos acumulados de chuva significativos que podem gerar transtornos.

Durante a instabilidade, além de chuva e trovoadas, a previsão indica a possibilidade de rajadas de vento acima dos 60 km/h e queda de granizo de forma isolada.

Ao longo da próxima semana, a instabilidade deve persistir, o que pode aumentar os volumes totais de chuva.

Essa condição poderá ocasionar novos transtornos em relações a cheia dos rios que devem se manter monitorados.

Continua após a publicidade:

Ainda conforme a previsão do Inmet, as temperaturas ficam bastante elevadas até a sexta-feira (14). Porém, no fim de semana, os modelos mostram declínio.

No fim da quarta-feira (19) e decorrer da quinta (20), as temperaturas podem ter queda mais acentuada em função da passagem de outra frente fria.

Instituto Nacional de Meteorologia