Um levantamento divulgado pela empresa AirHelp Score ranqueou os melhores aeroportos do mundo na visão dos próprios usuários. Dentre 239, os aeroportos de Brasília (DF) e Belém (PA) foram os representantes brasileiros com maior destaque, ficando em quinto e nono lugar respectivamente.

Continua após a publicidade:

A pesquisa realizada por usuários aéreos levou em conta três categorias, sendo elas pontualidade, qualidade do serviço (equipe, tempo de espera, pontualidade e limpeza) e qualidade de lojas e restaurantes.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do site Portal de Prefeitura no seu celular

O Aeroporto Internacional de Brasília obteve nota 8,6 para pontualidade dos voos, 8 para qualidade do serviço e 7,9 para qualidade de alimentação e lojas, alcançando 8,32 como nota final. Já o de Belém recebeu nota 8,3 para pontualidade dos voos, 8,1 para qualidade do serviço e 8,3 para qualidade de alimentação e lojas, atingindo 8,26 como nota final.

Além de Brasília e Belém, posicionados entre os 10 primeiros, outros brasileiros tiveram destaque: Guararapes, em Recife-PE (14º); Confins, em Belo Horizonte-MG (19°); Salgado Filho, Porto Alegre-RS (26º lugar); Santos Dumont, Rio de Janeiro-RJ (40º); Afonso Pena, Curitiba-SC (46°); Congonhas/,São Paulo-SP (57º); Guarulhos, São Paulo-SP (59°); Viracopos, Campinas-SP (62º); Hercílio Luz, Florianópolis-SC (65°) e Galeão, Rio de Janeiro-RJ (67°). Os campeões da pesquisa foram o aeroporto de Hamad, no Catar, com a 1ª colocação, seguido do aeroporto da Cidade do Cabo, na África do Sul, em 2º lugar, e do terminal de Chubu Centrair, no Japão, em 3º.

A lista de melhores do mundo é elaborada e divulgada anualmente pela empresa AirHelp Score, especializada em direito dos passageiros aéreos. Para o ranking deste ano foram ouvidos cerca de 17.500 mil usuários, de 64 países, e os dados foram analisados de 1º de maio de 2023 a 30 de abril de 2024.

CONHEÇA O BRASIL – O Ministério do Turismo desenvolve várias ações para estimular o brasileiro a viajar mais pelo País. Uma delas é o “Conheça o Brasil: Voando”, parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos e empresas aéreas. O programa envolve, por exemplo, o aumento da oferta de voos e a opção de “stopover”, já disponível em cidades como São Paulo (SP), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Recife (PE), Manaus (AM) e Belém (PE). Na modalidade, com a mesma passagem, o turista visita um local intermediário antes de seguir ao destino final.

Já o “Conheça o Brasil: Realiza” permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de crédito voltada à aquisição de serviços turísticos, a partir de condições diferenciadas. O trabalho do MTur também engloba o “Conheça o Brasil: Cívico”. A iniciativa visa incentivar estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história nacional e tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital.

Da Redação do Portal de Prefeitura com informações da Agência Gov

Continua após a publicidade: