Um pai matou sua própria filha. Ele foi preso nesta segunda-feira, 11 de dezembro, no Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade:

Ilias Olachegoun Adeniyi Adjafo, natural do Benim – País na África Ocidental, foi preso dentro de casa.

Segundo a perícia, a criança, que se chamava Aoulath Alyssah Rodrigues Damala, foi espancada com golpes de cinto na região das costas, no tórax, nos braços e no rosto.

Ainda segundo as investigações, a professora de Aoulath teria dito para Ilias que a sua filha tinha levado um objeto de um colega de sala para casa.

Como forma de castigo, o pai teria agredido sua própria filha para corrigir ela. De acordo com o advogado do homem, o beninês “não soube controlar a raiva”.

O defensor ainda disse que o preso se dizia “arrependido” por ter espancado sua filha.

A família é do Benin, porém a criança tinha nascido no Brasil e morava só com o pai, segundo informações do G1.

Até a publicação da matéria, Ilias Olachegoun encontra-se detido na Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo.

Continua após a publicidade: