Continua após a publicidade:

O cantor Chrystian, famoso pela dupla Chrystian e Ralf, morreu na noite da quarta-feira, 19 de junho, aos 67 anos. O artista havia sido internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, durante a manhã da quarta-feira, quando a assessoria dele divulgou o cancelamento de um show marcado para o próximo dia 22 de junho, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Não foram divulgados detalhes sobre o diagnóstico.

Continua após a publicidade:

Entre em nosso canal de transmissão no TELEGRAM e fique por dentro das últimas notícias sobre POLÍTICA, FUTEBOL, CONCURSOS e RELIGIÃO em um só lugar.

No comunicado oficial publicado pela assessoria pela manhã, a equipe preservou maiores detalhes, porém afirmou que Chrystian foi diagnosticado recentemente com uma condição médica que exigia repouso imediato e tratamento especializado.

Mas que estava “seguindo todas as recomendações médicas”.

Continua após a publicidade:

Em fevereiro deste ano, Chrystian já havia sido internado para um transplante de rim, no Hospital do Rim.

O rim foi doado pela por sua esposa, Key Vieira, mas a cirurgia foi adiada para o final do ano após a necessidade de um cateterismo durante os exames pré-operatórios.

De acordo com o programa Balanço Geral, da Record, o cantor teria sofrido um mal súbito, seguido por uma parada cardiorrespiratória, e socorrido de helicóptero pela Polícia Militar.

Ainda segundo o programa da Record, ele foi entubado.

Continua após a publicidade:

O cantor se dedicava à carreira solo. A dupla de Chrystian com o irmão, Ralf, tem mais de 20 álbuns lançados e fez sucesso nos anos 1980 e 1990, com músicas como Mia Gioconda (trilha da novela O Rei do Gado), Cheiro de Shampoo e Nova York.

Estadão Conteúdo

Continua após a publicidade: