Em Ceilândia, município localizado no Distrito Federal, a Polícia Militar resgatou um homem que estava há três dias em cárcere privado.

O homem, que estava preso em um galpão de reciclagem, foi preso pela dona do abrigo, uma mulher de 25 anos, cuja suspeitou que o criminoso teria roubado R$ 10 dela, informou policiais.

Ainda de acordo com os agentes, o homem estava em “condições desumanas”. O caso ocorreu na manhã desta quarta-feira, 1° de maio.

Quando foi encontrado, o ladrão informou aos PMs que, enquanto esteve em cárcere, sofreu agressões e recebia apenas água para sobreviver. A dona do galpão contou que prendeu o desafeto por causa dos R$ 10.

No local, policiais realizaram buscas e acharam diversos aparelhos celulares e uma quantia não divulgada de dinheiro.

Ao checar os nomes dos envolvidos no sistema, policiais obtiveram uma informação relevante: o ladrão, que ficou por três dias em cárcere privado, era um foragido da Justiça pelo crime de roubo.

Diante dos fatos, todos os envolvidos receberam voz de prisão e foram conduzidos à 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).