Na madrugada deste sábado, Daniella Di Lorena Pelaes de Almeida, de 46 anos, foi assassinada a facadas por seu ex-companheiro, Janilson Quadros de Almeida, de 37 anos. Daniella, que residia no Condomínio Amobb, localizado no Jardim Botânico (DF), era irmã da prefeita do município de Pedra Branca do Amapari (AP), Beth Pelaes.

Continua após a publicidade:

De acordo com relatos da filha da vítima, o agressor invadiu a residência e assassinou a mãe a facadas antes de tentar tirar a própria vida.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Janilson foi encontrado em estado grave, com múltiplas perfurações no tórax, e encaminhado ao Hospital de Base para receber atendimento médico, permanecendo estável. A Polícia Civil prendeu o suspeito após sua hospitalização.

A prefeita de Pedra Branca do Amapar emitiu a seguinte declaração:

Na madrugada de hoje, perdemos a nossa Dani, minha irmã Daniella Di Lorena Pelaes dos Santos, vítima de feminicídio. Nossa família se despede de forma precoce diante de uma dor imensurável, ela que desempenhava efetivo exercício em Brasília a pouco menos de um ano.

Em nome da nossa mãe, Socorro Pelaes e do meu irmão Michel Pelaes, nossa família comunica a notícia da morte da Dani à população de Pedra Branca do Amapari e a todos os amigos e amapaenses que conviveram com ela e que se juntam ao nosso luto nesta despedida.

Dani, minha irmã amada, descanse em paz, como a mulher, irmã, filha e mãe zelosa de personalidade forte e sorriso largo que sempre lhe acompanharam. Daqui nós emanamos toda a nossa gratidão pela sua presença no meio de nós. Sempre te amarei, mana!

Continua após a publicidade: