O Portal de Prefeitura recebeu um vídeo que circula nas redes sociais neste sábado, 15 de junho, mostrando o vice-prefeito de Catende, Antonio do Egito (Podemos), com uma arma de fogo, efetuando vários disparos contra a parede de sua própria casa (assista vídeo abaixo).

Na gravação, o político aparece sentado e assistindo a um show da banda Calcinha Preta e realizando cerca de seis disparos contra a parede.

📲Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Continua após a publicidade:

Informações preliminares dão conta que o vice-prefeito detém a posse de arma, mas, não é CAC. Teria a posse pela Polícia Federal com a prerrogativa de exercer cargo legislativo ou executivo.

O que diz a Prefeitura?

Ao Portal de Prefeitura a prefeita da cidade Dona Graça, se manifestou sobre o ocorrido. Confira nota na íntegra;

Em resposta à pergunta da Imprensa , informo que lamento muito os últimos acontecimentos referentes a algumas imagens que estão circulando nas redes sociais, acerca de um vídeo do atual vice-Prefeito Antonio do Egito.

Primeiro enquanto cristã, adianto que não vim para esse mundo para julgar quem quer que seja por suas atitudes ou ações, porém, enquanto gestora de Catende, não posso compactuar com qualquer ação dessa natureza.

Continua após a publicidade:

Tenho dedicado minha vida nos últimos 20 anos para cuidar das pessoas, de forma mais efetiva nos últimos 3 anos e 6 meses enquanto Prefeita de minha cidade, tenho focado meu trabalho em garantir que os serviços públicos de fato funcionem, bem como haja maior empatia nos atendimentos dos setores que tratem diretamente com nossos cidadãos.

Dito isso, reitero que atitudes como essa, não condiz com minha forma de gerir o município.

Foram três anos e seis meses recolocando catende no espaço de destaque e respeito que nossa cidade merece perante ao nosso estado, não serão atitudes pessoais e isoladas que irão tirar o foco de nossa gestão de continuar colocando Catende no rumo certo.

O que diz a Polícia?

A Polícia Civil informou que um inquérito foi aberto para apurar os incidentes de disparos de arma de fogo e posse ilegal de arma, ocorridos em 15 de junho. Detalhes adicionais serão fornecidos após a conclusão das investigações.

Até o momento Antônio do Egito ainda não se pronunciou sobre o vídeo.

Continua após a publicidade: