Declaração

VÍDEO: 'Só quem gosta de MADURO é LULA e o PT', diz CIRO GOMES sobre disputa entre VENEZUELA e GUIANA

De relações estremecidas com o presidente, o ex-presidenciável pedetista não tem poupado críticas ao petista.

ciro gomes
Gomes destacou a recente descoberta de petróleo na região que seria o motivo dos principais conflitos travados mundo a fora. Foto: Reprodução/Youtube

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT), usou sua conta no Youtube nessa terça-feira, 5 de novembro, para dizer que ‘só quem gosta de Maduro é Lula e o PT’, se referindo aos avanços da Venezuela na disputa de mais de 200 anos da região de Essequibo, atualmente território da Guiana.

“A Venezuela promoveu ontem um plebiscito, perguntando ao povo da Venezuela, com muita propaganda e indução, se o povo concordava que a Venezuela deveria tomar de volta a região de Essequibo, hoje território da Guiana. E como a gente sabia, deu 95% “sim”, então o povo acabou de dizer ao ditador Nicolas Maduro – que só quem gosta dele é o Lula e o PT -, que ele tem uma carta branca do povo venezuelano para reclamar o território de Essequibo”, destacou.

Gomes destacou a recente descoberta de petróleo na região que seria o motivo dos principais conflitos travados mundo a fora, e citou a empresa petroleira norte-americana ExxonMobil, que teria descoberto as reservas no território da Guiana.

“(…) Ó o vespero que nós estamos arrumando alí pra nossa vizinhança. Lá nos Estados Unidos são as petroleiras que mandam em seus governos. Já foram à guerra no Irã, no Kuwait, enfim, todo esse rolo, essa confusão é tudo petróleo”, continuou.

De relações estremecidas com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Ciro, no último dia 17 de novembro chamou o ministro da Educação, Camilo Santana, de “deepção” e “maior traidor da história”.

Tapa na cara de homem trans

Ciro Gomes, ex-candidato à Presidência da República pelo PDT, deu um tapa no rosto de um homem que o chamou de bandido na noite do último domingo, 3 de dezembro, durante um show de samba em Fortaleza, no Ceará, seu berço político.

O ato foi registrado em vídeo pela vítima, identificada como Tiê Rocha de Sousa Oliveira, homem trans morador da capital cearense.

O vídeo foi divulgado pelo jornal cearense O Povo. Nele, Tiê se aproxima de Ciro e o provoca.

“Diz para nós como é que rouba a população sem ser preso?”, pergunta.

O ex-presidenciável, que estava em uma área reservada do show, separado do homem por uma grade, rebate: “Quem deve saber isso é bandido, eu não sou”.

O homem insiste e afirma que Ciro “é bandido”, ao que o político responde com um tapa na cara. No vídeo, não é possível ver o momento da agressão, por causa do movimento do celular.

“Tu deu na minha cara, seu racista?”, questiona.

Ciro, então, diz: “Para você aprender a me respeitar”. Ciro se afasta da grade da área reservada, e o homem, se dirigindo à câmera com que se filmava, afirma: “Ciro Gomes deu na minha cara”.

A Polícia Civil informou que foi registrado um boletim de ocorrência no domingo, por uma pessoa de 31 anos. e que o caso está em apuração.