Nesta segunda-feira, 8 de julho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) anunciou que enviará um ofício à embaixada da Arábia Saudita.

No ofício, o parlamentar vai solicitar que o príncipe Arábia Saudita, Mohammad bin Salman, peça de volta as joias que presentou ao seu pai, o ex-presidente Jair Bolsonaro.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as principais notícias do site Portal de Prefeitura no seu celular.

Continua após a publicidade:

Segundo o parlamentar, ele não vendeu nenhum dos presentes, e vê a solicitação da PF para indiciar Bolsonaro como uma clara tentativa de perseguição política.

Caso o príncipe saudita solicite a devolução das joias, o governo brasileiro terá que proceder com a devolução, demonstrando que nenhum dos itens foi comercializado.

Além disso, o deputado questionou o tratamento diferenciado dado ao presidente Lula (PT) em relação aos presentes recebidos.

Eduardo mencionou as 11 toneladas de presentes que Lula recebeu.

Continua após a publicidade:

O parlamentar também destacou que, ao contrário do que ocorreu com Bolsonaro, o atual presidente não precisou entregar seus presentes à Justiça.