O deputado estadual e líder do PSB na Assembleia Legislativa, Sileno Guedes, comemorou o anúncio do ministro dos Transportes, Renan Filho (MDB), de que o Governo Federal vai tirar do papel a Transnordestina em Pernambuco.

Segundo Renan Filho, o trecho entre Salgueiro e o Porto de Suape será viabilizado com um parceiro privado ou com investimento direto da União.

“A alternativa privada foi construída com muito esforço pela bancada federal de Pernambuco, com o auxílio dos deputados estaduais e com a atuação direta da equipe do ex-governador Paulo Câmara. Faltava um presidente que olhasse pelos pernambucanos e temos essa oportunidade agora, com o presidente Lula”, destacou Sileno.

O parceiro privado envolvido na operação é a mineradora Bemisa, atraída pela gestão do ex-governador Paulo Câmara para concluir o ramal Suape da Transnordestina.

A Bemisa possui uma jazida de minério de ferro no interior do Piauí e, por isso, tem interesse em estabelecer um acesso ferroviário ao Porto de Suape. A mineradora obteve autorização para explorar uma ferrovia privada em Pernambuco, mas o projeto foi travado na gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

https://www.instagram.com/p/CscOuBGuvvH/

Leia mais:
>>> “Fizemos nossa parte para ajudar Pernambuco”, afirma Sileno Guedes sobre empréstimo de R$ 3,4 BILHÕES aprovado na Alepe

Anúncio

Em entrevista à TV Globo na sexta, 19 de maio, o ministro dos Transportes do governo Lula (PT), Renan Filho disse que Pernambuco não ficará de fora da ferrovia, como anunciado no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ao ser entrevistado ao vivo no estúdio do Bom Dia Pernambuco, ele também falou sobre investimentos na requalificação de rodovias federais que cortam o estado e na obra do Arco Metropolitano.

Confira, a seguir, os assuntos abordados pelo ministro dos Transportes durante a entrevista e vídeos com as respostas dele:

  • Transnordestina
  • Arco Metropolitano
  • BR-101
  • BR-232
  • BR-104

A União está em tratativas com a concessionária responsável pelo projeto da Transnordestina para captar investidores privados para o ramal em Pernambuco;

Depois de pronto, o ramal deve ser integrado a ferrovias nas regiões Norte e Sul, para facilitar a circulação de mercadorias e insumos no país.

Da redação do Portal com informações da Assessoria de Imprensa