O presidente Lula anunciou, na manhã desta segunda, 10 de junho, que o município de Sertânia vai abrigar o novo campus da UFPE em Pernambuco.

A senadora Teresa Leitão afirma ter participado da articulação junto ao governo federal nesta iniciativa.

Continua após a publicidade:

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

A senadora então falou política de interiorização do ensino superior, que vem desde o primeiro mandato de Lula.

A parlamentar explicou que o pleito partiu de um coletivo de professores: Edvânia Torres, Álvaro Góes, Janilton Ferreira, Maria do Carmo Martins Sobral, Antônio Siqueira, João Henrique Lúcio, Valter Fabiano dos Santos Feitosa e Mariana Albuquerque.

Em agosto passado, o grupo pediu a interlocução da senadora junto ao governo federal para conseguir o campus.

Continua após a publicidade:

A articulação teve apoio fundamental do reitor Alfredo Gomes, do prefeito Ângelo Ferreira, e também do senador Humberto Costa.

O prefeito ofereceu um terreno para o campus, e se comprometeu a enviar para a Câmara Municipal, com urgência, um projeto de lei para formalizar a doação do imóvel.

Além da disponibilidade de cursos de ensino superior para a população da região, a iniciativa gera empregos.

Haverá vagas na construção civil, mas também se cria uma estrutura de empreendedorismo para atender à nova demanda.

E ainda, cada unidade nova vai necessitar de 388 servidores, o que implica na realização de novos concursos públicos.

Continua após a publicidade: