Parceria

Presidente do PCO se encontra com líder do Hamas: "trabalho conjunto"

Durante a reunião, os dois homens discutiram sobre a guerra entre Israel e o grupo terrorista e a reconstrução de Gaza.

Presidente do PCO se encontra com líder do Hamas trabalho conjunto
Rui Costa Pimenta, do PCO, e o líder do Hamas, Ismail Haniyeh. Foto: Divulgação/Al-Mayadeen.

Rui Costa Pimenta, presidente do Partido da Causa Operária (PCO), encontrou-se com o líder do Hamas, Ismail Haniyeh, que é braço político da organização palestina.

Durante a reunião, os homens discutiram sobre a guerra entre Israel e o Hamas. A informação foi divulgada, a principio, pelo canal de notícias do Libano, Al-Mayadeen.

Em um comunicado, o Hamas afirmou que Pimenta e Haniyeh destacaram a importância de interromper as hostilidades por parte de Israel, fornecer ajuda humanitária urgente aos palestinos e reconstruir Gaza.

Em nota, grupo terrorista comunicou que o “trabalho conjunto” deve continuar.

HAMAS agradece ao presidente LULA por chamar ISRAEL de GENOCIDA

O grupo terrorista Hamas emitiu um comunicado expressando gratidão ao presidente Lula por sua posição contrária a Israel e por comparar o ataque em Gaza ao Holocausto nazista.

O grupo palestino afirmou que as declarações do presidente refletem os desafios vividos pelo seu povo nos últimos meses.

O Hamas também solicita que a Corte Internacional de Justiça considere a declaração do presidente brasileiro ao avaliar a ação movida pela África do Sul, acusando Israel de genocídio.

O presidente brasileiro afirmou no domingo (18) que as operações militares de Israel na Faixa de Gaza se enquadram como genocídio.

Durante uma entrevista concedida a jornalistas no hotel onde está hospedado em Adis Abeba, Etiópia, o presidente Lula fez um comentário que gerou a reação imediata por parte dos aliados de Israel.

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro israelense, expressou forte desapontamento em relação às declarações do líder brasileiro, descrevendo-as como “vergonhosas e graves”, e que a comparação “cruza uma linha vermelha”.