A polícia Civil de Pernambuco, informou ao Portal de Prefeitura, após questionamento sobre mandado de busca e apreensão ao vice-prefeito de Catende, Tonho do Egito (Podemos), na manhã deste domingo, 16 de junho, que uma arma de fogo foi apreendida e apresentada à autoridade competente.

Informações extraoficiais apontam que o político não se encontra em sua residência, no bairro Avilan, no município que ocupa cargo eletivo, na Mata Sul de Pernambuco.

Confira vídeo do momento em que gerou toda a repercussão:

Continua após a publicidade:

Nota completa da Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco informa que registrou, por meio da Delegacia de Catende, no dia 16 de junho, cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência de um homem de 47 anos, dentro das diligências necessárias para a investigação em curso. O objeto apreendido (uma arma de fogo) foi apresentado à autoridade competente.

Relembre o caso

O Portal de Prefeitura recebeu um vídeo que passou a circular nas redes sociais no sábado, 15 de junho, mostrando o vice-prefeito de Catende, Tonho do Egito (Podemos), com uma arma de fogo, efetuando vários disparos contra a parede de sua própria casa.

Na gravação, o político aparece sentado e assistindo a um show da banda Calcinha Preta e realizando cerca de seis disparos contra a parede.

Informações preliminares dão conta que o vice-prefeito tinha a posse de arma, mas, não seria CAC. Teria a posse pela Polícia Federal com a prerrogativa de exercer cargo legislativo ou executivo.

Continua após a publicidade:

A prefeita D. Graça se pronunciou dizendo sentir pesar pela situação e disse que não aceita nenhum tipo de envolvimento em ações do tipo.

A gestora também afirmou que o comportamento do vice-prefeito não reflete sua maneira de administrar o município.