Montante

PAULO CÂMARA anuncia que BANCO DO NORDESTE encerrará 2023 com R$ 5,8 BILHÕES investidos em PERNAMBUCO

O presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, anunciou em um evento na sexta-feira, 29 de setembro, na cidade de Serra Talhada, que a instituição financeira encerrará o ano de 2023 com um total de R$ 5,8 bilhões investidos em Pernambuco. Esse montante inclui programas de microcrédito, com R$ 720 milhões destinados ao Crediamigo e R$ 570 milhões ao Agroamigo.

Além disso, foi anunciada a terceira redução da taxa de juros do Crediamigo em um período de 60 dias, sendo que desta vez a taxa foi reduzida para 1,94% ao mês.

“Sabemos que a taxa de juros ainda está alta e vamos continuar trabalhando para diminuir esse percentual. É a terceira redução de 1° de agosto para cá e temos certeza que iremos permanecer nesse movimento de tornar o crédito mais acessível aos microempreendedores. Essa maior disponibilidade de recursos é um dos fatores que contribuirão para registrarmos um investimento recorde em Pernambuco e nos demais estados de nossa área de atuação, em 2023”, afirmou Paulo Câmara.

Câmara também informou que os programas de microcrédito têm planos de expandir sua capacidade de atendimento em Pernambuco. A meta é adicionar 33 novas unidades ao Crediamigo e mais 18 ao Agroamigo até o final de 2025. Durante a cerimônia, 400 novos clientes dos dois programas formalizaram contratos com o Banco do Nordeste.

Leia também:
>>>Banco do Nordeste reduz em 21% taxa de juros do programa Crediamigo

O presidente do BNB também detalhou o Plano Safra 2023/2024 destinado a Pernambuco. Um total de R$ 975,5 milhões estará disponível para apoiar a agricultura familiar, enquanto a agricultura empresarial receberá R$ 669 milhões. Paulo Câmara destacou que uma parte significativa desse montante, ou seja, R$ 390 milhões, será especificamente destinada aos pequenos produtores rurais da região do Sertão pernambucano.

Participaram do evento a prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado, o senador Humberto Costa, os deputados federais Carlos Veras e Fernando Monteiro, os deputados estaduais Doriel Barros e José Patriota, o superintendente da Sudene, Danilo Cabral, o secretário nacional da Micro e Pequena Empresa e Empreendedorismo, Milton Coelho, a presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape), Cícera Nunes, o superintendente da Codevasf, Edilazio Wanderley, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Santos, o superintendente do Incra, Givaldo Cavalcante, o superintendente do BNB em Pernambuco, Pedro Ermírio, além de prefeitos e vereadores da região.